Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Segundo IBGE, Apenas 6% dos domicílios de Boca do Acre têm esgotamento sanitário

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
esgoto
FOTO: PORTAL DO PURUS

É notório que Boca do Acre não dispõe de uma infraestrutura adequada de tratamento de esgoto. No entanto, a realidade se apresenta ainda mais caótica ao nos depararmos com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), quando diz que apenas 6% de todos os domicílios de Boca do Acre possuem esgotamento sanitário adequado.

CRIANÇAS BRINCAM EM ESGOTO
CRIANÇAS SE DIVERTEM EM ESGOTO A CÉU ABERTO NO PIQUIÁ.
SITUAÇÃO CORRIQUEIRA

Dos 62 municípios do Amazonas, Boca do Acre ocupa tão somente a 48ª posição na oferta de esgotamento sanitário. Nesse quesito, Boca do Acre perde para até para Pauini. Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 4.706 do total de 5.570 municípios.

Doenças ocasionadas

Segundo especialistas na área da Saúde, esse pode ser um dos motivos pelo qual aproximadamente 150 cidadãos bocacrenses são internados por ano, com o diagnóstico de diarreia. A falta de esgoto adequado também pode ser uma explicação para o alto número de diagnóstico de hepatite.

Não é difícil andar pelas ruas da cidade e encontrar esgoto a céu aberto, passando na frente, no lado ou nos fundos das residências. Também não é anormal perceber a rede de água no mesmo local do esgoto.

A realidade em números

Outras informações importantes é que 4.2% de domicílios urbanos estão em vias públicas com arborização e 2.8% de domicílios urbanos estão em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio).

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015