A criatividade como fator de evolução

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
GILMAR PERON
FOTO: GILMAR PERON

A criatividade é um dom conferido por Deus à sua criatura (homens), neste termo me refiro aos gêneros masculino e feminino. Segundo alguns estudiosos e observadores da natureza, nós somos có-criadores. Estamos a todo momento criando, não só coisas, mas também nosso destino, por assim dizer o futuro, seja individual ou coletivo. Assim, o dom de criar confere ao homem responsabilidade com o próximo, a natureza e o meio em que vive. Seria tudo a favor de um mundo melhor, mais próspero e digno. Então podemos ver a criatividade como fator primário para a evolução social e cultural de uma sociedade.

Gosto da frase inspiradora de Barack Obama quando disse: “A mudança não virá se esperarmos por outra pessoa ou outros tempos. Nós somos aqueles por quem estávamos esperando. Nós somos a mudança que procuramos”.

A criatividade é uma faculdade única e exclusiva do homem pois está relacionada a capacidade de sonhar. O cérebro humano possui dois hemisférios, o esquerdo (objetivo, analítico e lógico) e o direito (relacionados aos sonhos, idéias e criatividade). De acordo com pesquisas, a maioria dos homens usam apenas o lado esquerdo do cérebro, ou seja, o analítico. Deixando de usar o direito que é fonte de toda criatividade. E como não usam esta faculdade sonhadora, cedo ou tarde o pesadelo atormenta.

Como o ser humano não usa esta energia criativa e positiva, o preço a pagar inicialmente será tensão, nervosismo e um estado de ansiedade, alguns desenvolvem até a agressividade. A partir deste quadro, lamentavelmente e por pura ignorância a maioria prefere fugir e esgotar suas energias em bares, boates, televisão ou se empanturrando de tanto comer, etc. Os resultados de tudo isso não preciso falar, vocês podem imaginar pelo uso de vossa imaginação. Não quero dizer que seja contra usufruir de certos prazeres que a vida nos confere, mas em tudo deve haver equilíbrio.

Voltando a necessidade de criar. Este desequilíbrio pode explicar os altos índices de viciados e violência seja doméstica ou em grupos de pessoas. Vivemos numa sociedade materialista que usa toda força mental e potencial criativo para aquisição de bens materiais, esquecendo-se totalmente da necessidade de criar o novo, o inesperado, aquilo que te leva a um estado de êxtase profundo. Até aqui, a capacidade de sonhar há muito se perdeu, alguns nem sabem que sonham durante a noite, na verdade todos sonhamos, o que acontece é que com a vida atribulada do dia a dia você perdeu a capacidade de lembrar dos sonhos, nem sabe mais que sonha, pobre infeliz, quanto mais criar.

Deus quando criou o mundo, em sua infinita sabedoria, usou de sua capacidade criativa oriunda da dimensão dos sonhos, dando forma a todo tipo de vida que existe no universo. Alguns Iogues pregam que tudo o que vivenciamos é uma abstração, um mundo de sonhos, sonho divino ou sonho de Deus. Então, podemos afirmar que a criatividade nasce do mundo das idéias, consequentemente dos sonhos, por assim dizer do lado direito do cérebro.

Basta abrir a janela do nosso coração e observar sua criação, o quanto é bela e harmoniosa. Se observarmos mais atentamente veremos todo o colorido das folhas, do sol, da lua e das estrelas, a canção dos ventos e dos pássaros também está presente em nossas vidas. Que  lamentavelmente o homem com sua falta de criatividade o destrói em nome do progresso e do desenvolvimento. Como se fosse levar algo daqui para onde vai.

O verdadeiro progresso será quando o homem for capaz de criar de forma criativa usando de todas suas faculdades mentais que advém do espírito (o uso equilibrado dos dois hemisférios).

Agora peço-vos que faça uma introspecção e pergunte-se por que tanto atraso na sociedade em que vivemos? Deixo a resposta por sua imaginação.

Um abraço a todos e fiquem em paz.

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015