Alguém para amar ou satisfação pessoal?

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
GILMAR
FOTO: GILMAR

Brigas e desentendimentos entre famílias se tornaram tão comum e rotineiro na vida das pessoas que falar sobre paz, harmonia e felicidade poderá dar tonalidade utópica ao texto ou até mesmo anedota. Convido a vós agora questionar, por que o amor de outrora pode ganhar dimensões de ódio e frustração? Exemplo: Aquele casal apaixonado que até pouco tempo fazia juras de amor, e agora passaram a se odiar? O desentendimento entre pais e filhos também pode ser dados como exemplo, você diz que ama seu filho(a), mas de repente pode ter por ele um sentimento de decepção que mais tarde poderá se transformar em ódio. Pergunto agora, cadê o amor? Posso afiançar que isto não é o verdadeiro amor, esta é mais uma ramificação do amor egoísta que não tem suas bases assentadas na compreensão do amor verdadeiro.

O amor verdadeiro jamais poderá ser tingido pela imperfeição e negativismo do ódio. Ele é imaculado,  puro e claro como a água de um riacho que percorre as belas montanhas do campo em um dia ensolarado, que revelam a parte mais profunda do seu leito profundo. Por isso, devemos agora desenvolver em nós a forma pura de amar, aquela que nasce da bondade interior, que não fere, não julga, é incapaz de criar expectativas em relação a outra pessoa.

Esta forma de amor puro não se aplica apenas nos relacionamentos amorosos, mas em qualquer circunstância da vida que estejamos nos relacionando.

As pessoas quando buscam um parceiro(a) estão na verdade buscando alguém para satisfazer seus desejos e caprichos, criando expectativas que mais tarde se tornará frustração, ou sentimentos contrariados. Podemos observar que antes do casamento tudo é perfeito. Após a concretização do ajuntamento, assinatura do contrato, tudo se transforma, tudo muda, os sonhos de morar juntos e construir um lar feliz, cai em derrocadas, podendo se tornar um pesadelo na vida de ambos, criando a uma verdadeira zona de batalha.

A vida a dois pode tornar-se algo muito desafiador, um verdadeiro desafio como muitos pregam e acreditam. Pois esta forma desafiadora de amar não é o amor puro e verdadeiro, na verdade se trata de um amor obsessivo. Pois não há compreensão do verdadeiro amor, aquele que desabrocha do nosso mais profundo Ser e gratidão pela vida.

Acredito que antes de qualquer relacionamento ou casamento é necessário nos conhecer, aprender a relacionar-se consigo mesmo é urgente. Ter um relacionamento de amor interior é imprescindível para uma vida de sucesso em qualquer área pretendida. Amar-se primeiramente, para depois amar o outro é sabedoria. Como você vai dar algo que nem ao menos tem? Para dar algo a alguém, primeiramente é preciso possuir este algo.

O amor não pode ser comprado e nem dado, o amor pode somente ser compartilhado. O amor é como um vulcão que entra em erupção, um verdadeiro transbordamento de felicidade advindo do Espírito. E para compartilhar é preciso ter a consciência da divindade (espírito) que habita nosso templo (corpo físico). Afinal somos templo e morada do espírito. Assim como nós, o outro também possui em essência as mesmas qualidades e atributos, por isso merecedor de nosso total atenção e amor. Dentro do Cristianismo é ensinado que devemos amar o próximo como a nós mesmo.

Jamais encontraremos a felicidade fora de nós, muito menos nas mãos de outra pessoa. Enquanto acreditarmos que a felicidade e o amor é um resultado externo a nós, continuaremos cometendo os mesmo erros, e infligindo sofrimento a nós e as pessoas que nos cercam.

Sou partidário e acredito numa vida de beleza e harmonia entre os seres humanos, mediante ao respeito e compreensão, duas colunas fundamentais que alicerçam o Amor Verdadeiro. Respeitar cada escolha da outra parte, é um dever nosso. Não temos o direito de prender/escravizar ninguém, todos nascemos para sermos livres.

Osho é muito preciso quando diz “O amor não é um relacionamento entre duas pessoas. É um estado de espírito dentro de si mesmo”.

Fico por aqui e desejo paz e saúde a todos.

Artigos relacionados

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015