Purus

Governo vai ampliar abastecimento de água em Rio Branco com modernização de estação

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Construída em 1976, a Estação de Tratamento de Água (ETA I), localizada no bairro Sobral, em Rio Branco, passará por uma grande modernização este ano promovida pelo governo do Estado. A ordem de serviço foi assinada na manhã desta terça-feira, 22, pelo governador Tião Viana. O investimento será de R$ 7,8 milhões e vai aumentar a capacidade de abastecimento da unidade para cerca de 40% da cidade.

A ação faz parte do planejamento do governo em investimentos para o saneamento básico do estado, o que tem contribuído para a melhoria dos índices de saúde e qualidade de vida. “No início de nosso governo, Rio Branco tinha 46% de cobertura de água e nós aumentamos em mais de 100%. Com isso, a mortalidade infantil caiu, a expectativa de vida aumentou e as internações hospitalares caem a cada ano, a partir de 2013”, afirmou o governador.

A relação entre saneamento e saúde pode ser vista ao apontar os dados. Em todo o estado, a rede de água passou de 300 quilômetros em 2000 para mais de 2.300 quilômetros em 2016, enquanto em Rio Branco a taxa de mortalidade infantil, um dos principais indicadores de qualidade de vida e de saúde, saiu de 21,81, em 2007, para 11,46 óbitos infantis (a cada 1.000 nascidos vivos) em 2017. E boa parte do avanço no saneamento do estado é fruto das obras do programa Ruas do Povo.

O diretor-presidente do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Moisés Diniz, explica de forma simples o que significa a ampliação que será realizada na ETA I. “É como se a ETA I fosse, por exemplo, colocar água para mais um Segundo Distrito de Rio Branco, além de melhorar também a intermitência [intervalo entre o abastecimento] e entregar mais água para a população da capital.”

Desde que o antigo Sistema de Abastecimento de Água de Rio Branco (Saerb) passou para a administração do governo do Estado, tornando-se Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa Rio Branco), um trabalho incisivo tem sido realizado para que não falte mais água nas casas, um problema histórico influenciado por vários fatores.

Agora, a ETA I passará a ter uma capacidade de produzir 17 milhões de litros por dia. Para isso, será realizada a implementação de nova captação com flutuante, adutora de água bruta, sistema de tratamento de lodo gerado pela unidade, reativação de cinco filtros e outras ações.

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015