Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Boca do Acre

Senador da República fala ao povo de Boca do Acre. Confira a entrevista.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O senador amazonense Arthur Neto (PSDB) líder da oposição entrou em contato com a rádio Eu e Você, quinta-feira (8) por volta das 10 da manhã e teve um bate-papo especial com o radialista Cleuton Melo, no plantão da emissora denominado Repórter Eu & Você.

Na oportunidade, ele que é um dos símbolos da política nacional, retratou o momento da crise econômica mundial e aconselhou como se deve proceder nesse ambiente que exige cautela. Neto alou também sobre Boca do Acre e suas peculiaridades como pontos positivos além de sua importância no cenário estadual, regional e nacional. Arthur ainda emanou palavras à prefeita eleita, não esquecendo de saudar o amigo, ex-prefeito.

Arthur Virgilho NetoConfira os melhores trechos da entrevista.

REPÓRTER EU & VOCÊ – Senador, é um prazer enorme tê-lo nos microfones da Rádio Eu e Você e aproveitamos para pedir que fale sobre seu trabalho no senado, sobre a crise e demais assuntos.

SENADOR ARTHUR NETO – É um prazer muito grande novamente poder falar dos microfones desta rádio que sempre me concedeu espaço muito generoso. Desejo ao meu amigo, ex-prefeito Iran Lima, à nova administração, eu desejo a todos, felicidade, que façam o melhor por Boca do Acre, pois esta cidade merece está acima de coisas pequenas da política, temos que saber que o tempo de governar é curto, então temos que aproveitar para dedicar o tempo a coisas úteis, coisas que mudem a estrutura de Boca do Acre. Não é hora de caça às bruxas, é hora de trabalhar.

Falando da crise econômica que tem afetado o mundo inteiro, a meses que venho falando sobre isso, alertando para a gravidade da crise. Só agora que começam acordar aqui, agora que o governador começou a tomar medidas tímidas no Amazonas e agora que o governo federal também começou a tomar medidas tímidas também. Precisamos tomar medidas sérias, como incentivo, linhas de créditos especiais de eletro-eletrônico, que está desempregando pessoas na cidade de Manaus, entre outros setores que são importantes para gerar emprego e renda.

Uma atitude positiva, que recomendo à prefeita Dorinha é o corte do supérfluo. É importante para sobrar para os investimentos, agente corta percentuais de diárias e passagens, água, luz, telefone, quando vamos ver no final de quatro anos a prefeitura vai ter dinheiro para fazer um bairro, pois sempre a prefeitura deve ter recursos próprios para investir, o resto vai buscar fora.

Todos sabem da minha lealdade ao ex-prefeito, ao meu partido (PSDB), mas não me negaria a ajudar Boca do Acre. Se baterem na minha porta precisando de ajuda para Boca do Acre, ajudarei, pois meu compromisso fundamental é com o povo de Boca do Acre. Na minha relação com o povo de Boca do Acre eu devo gratidão, tudo que eu possa fazer pelo estado, tudo que eu possa fazer por Boca do Acre, farei.

REPÓRTER EU & VOCÊ – Quais são os caminhos que o Amazonas e seus municípios devem seguir para enfrentar a crise mundial?

ARTHUR NETO – O Amazonas sofre o dobro quando tem crise. Ele sofre enquanto estado brasileiro, pois se o Brasil sofre o Amazonas também vai sofrer e sofre também porque o seu produto ainda é pouco exportado e mesmo assim não têm tanta gente querendo comprar lá fora. Mas, para enfrentar a crise é preciso que o Brasil faça sua parte, e a primeira atitude é baixar os jurus, isso vai incentivar que os consumidores sejam atraídos a comprarem novamente. O Brasil deve sair da crise com uma quantidade pequena de arranhões, pois, quando o mundo normalizar o nosso país retome o crescimento e se torne uma dos países de ponta.

REPÓRTER EU & VOCÊ – Há a possibilidade do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) eleger novamente o presidente da república?

ARTHUR NETO – Acho que sim. Já foram oito anos de PT, acho que está na hora de oito ou quatro anos de PSDB. As pesquisas são nítidas, mostram uma supremacia clara do governador de São Paulo, José Serra sobre os demais, ele não perde em nenhuma região atualmente no cenário atual. Queremos tomar uma decisão o quanto antes, para não ficar aquela guerra interna. Um partido como o meu, que tem vocação para o poder, vai lançar um candidato a presidência, mas agente se conforma com o resultado das urnas, se agente ganha, governa, se perdemos, vamos fiscalizar. Todo mundo sabe que eu sou “tucano”, perdendo ou ganhando, não tem essa de ficar vendendo minha alma para o diabo, foi ficar com meu partido sempre.

REPÓRTER EU & VOCÊ – Agradecemos a sua participação e queremos deixar o espaço para suas considerações finais.

ARTHUR NETO – Cleuton, eu não sou pessoa de me envolver em escândalos, mas eu faço sim escândalo sim, quando o Flamengo perde jogos fáceis (risos). Muito obrigado pelo espaço e consideração e volto a dizer, boa sorte aos eleitos, à Dona Dorinha e sua equipe e, ao mesmo tempo, a minha fidelidade e minha lealdade de sempre ao ex-prefeito, obrigado a todos e muitas felicidades.

Com informações de Cleuton Melo/Rádio Eu & Você

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015