Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Boca do Acre

Vereador Radir Magalhães avalia como positiva Audiência Pública sobre animais

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

“Espero que Boca do Acre possa se tornar uma cidade limpa, e acima de tudo ambientalmente correta, onde às pessoas tomem consciência da necessidade de respeitar os animais, não deixando os bichinhos soltos nas ruas”.

radir magalhães

O evento ocorrido na tarde da última quinta-feira (23) que teve como objetivo encontrar soluções para o grande número de animais que ocupam as ruas e praças públicas de Boca do Acre teve avaliação positiva do presidente da Câmara Municipal de Boca do Acre, vereador Radir Magalhães. O tema é preocupante para as autoridades, principalmente pela grande quantidade de cães soltos nas ruas.

Para ele, a qualidade das informações coletadas foi de fundamental importância para o êxito da assembleia, que teve como palestrantes o Promotor de Justiça, Defensoria Pública, Técnicos da Secretaria Municipal de Saúde, Médico Veterinário e dentre os profissionais.

“Estamos satisfeito com a audiência, pois foi de muita importância à qualidade das informações apresentadas pelos profissionais que expuseram em um formato prática e simples o assunto.” Disse o parlamentar.

Radir conta que agora o próximo passo será formalizar um Projeto de Lei digno para ser apresentado ao executivo municipal, constituindo uma legislação sobre o assunto que é a competência do poder legislativo.

“Espero que Boca do Acre possa se tornar uma cidade limpa, e acima de tudo ambientalmente correta, onde às pessoas tomem consciência da necessidade de respeitar os animais, não deixando os bichinhos soltos nas ruas”. Finalizou.

Leia também

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Câmara realiza Audiência Pública para discutir animais em vias públicas

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

Centro de zoonose, responsabilização criminal e participação da população foram os pontos mais citados para a resolução do problema.

audiência pública em boca do acre
Foto: Gilmar Peron

Durante o dia de ontem, quinta-feira (23), a Câmara Municipal de Boca do Acre foi palco para a realização de uma assembleia para coletar proposituras de como lhe dar com o problema com o qual a cidade convive há muito tempo, animais nas ruas. O evento reuniu os segmentos da sociedade e instituições como Ministério Público, Defensoria Pública, Polícia Civil e profissionais da Medicina Veterinária.

Propostas

Criminalização - Entre as propostas apresentadas, destaque para a iniciativa de responsabilizar criminalmente os donos pelo abandono dos animais, permitindo que eles fiquem vagando pelas ruas e em locais públicos. O representante do Ministério Público foi enfático ao citar a importância de além de criar as leis, que elas sejam compridas. O Promotor Armando Gurgel Maia, colocou ainda que a população de Boca do Acre terá um papel fundamental, que é o de denunciar as irregularidades na delegacia de polícia, cometidas pelos donos que abandonam os animais nas ruas.

Centro de zoonose - Ainda nas ceara das propostas, a defensora pública Pollyana Vieira, que está há apenas 4 meses trabalhando e residindo em Boca do Acre, se disse assustada com a quantidade de animais nas ruas. Para ela, um dos passos fundamentais para se resolver o problema é a construção de um centro de zoonose e a contratação de um profissional da área.

Hora de investir - O delegado de Polícia Civil, Fábio Aly foi enfático ao dizer que “a situação está fora de controle”. Aly argumentou que não se trata mais do momento de criar leis, mas de haver compromisso em erradicar o problema, fazendo investimentos. O delegado se dirigiu à população e ao poder público, ao proferir que falta atenção das pessoas e atitude de quem tem a responsabilidade e a possibilidade de fazer algo.

Proposta formal

O presidente da CMBA, vereador Radir Magalhães avaliou de forma positiva o acontecimento, destacando os pontos técnicos citados pelos palestrantes. Magalhães informou que uma comissão será formada para a criação de um projeto de lei que contemple as propostas apresentadas e em seguida irá encaminhar ao Poder Executivo.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Iran Lima é empossado presidente da AAM

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

Foi empossado, na manhã desta quinta-feira (23), a nova mesa diretora da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), o evento contou, ainda, com o lançamento do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, no Da Vinci Hotel. O prefeito do município de Boca do Acre, Iran Lima, foi reeleito presidente da AAM por aclamação no último dia 27 de março.

iran lima

Iran Lima, que será o representante da AAM durante o biênio 2015–2017, afirmou que dará continuidade ao trabalho desenvolvido pela AAM nos últimos dois anos. “Os municípios do Amazonas ganharam grande representatividade nacional e as articulações feitas pela AAM tiveram grande impacto na melhoria da qualidade de vida desses municípios. Dentre os destaques estão a luta pelo aumento do Fundo de Participação do Município e a criação de software de gestão que permite a organização e dinamização de todos os processos administrativos das prefeituras”, afirmou Iran.

Também, foram empossados como vice-presidente o prefeito do Município de Itamarati, João Campelo e como secretários os prefeitos de Juruá, Tabira Ferreira, de Carauari, Francisco dos Santos, e os prefeitos de Manicoré, Lúcio Flávio do Rosário e de Anori, Sansuray Pereira Xavier foram eleitos primeiro e segundo tesoureiros, respectivamente.
O evento contou ainda com a palestra do professor da Universidade Federal do Amazonas Sérgio Cardoso, que abordou os cenários econômicos pra 2015.

Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Os prefeitos participaram ainda do lançamento da 9ª edição do Prêmio Sebrae Empreendedor. As inscrições terão início na próxima segunda-feira (27) e poderão ser feitas até junho. Os gestores de todos os municípios do Amazonas poderão inscrever seus projetos nas seguintes categorias: melhor projeto, projeto de pequenos negócios no campo, melhor projeto de desburocratização e formalização dos municípios, projeto de compras municipais, inovação e sustentabilidade e inclusão produtiva com vigilância sanitária.

Os projetos inscritos serão analisados por Instituições designadas e aprovadas pelo SEBRAE, como conselhos de economias, associações comerciais e o Tribunal de Contas do Estado. O resultado será divulgado no segundo semestre de 2016 e os vencedores serão contemplados com a divulgação internacional da implementação do projeto em seus municípios além de uma viagem técnica internacional para acompanhar a implantação de outros projetos que melhoram a gestão municipal. O Sebrae ainda não definiu o destino da viagem.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Polícia prende avô que abusava das netas

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

Além de ser acusado de praticar sexo com duas netas menores de idade, o homem ainda é suspeito da prática de zoofilia e de manter relações íntimas com bêbados.

Carlito Pinheiro dos Santos

O Polícia Civil de Boca do Acre prendeu na tarde de ontem, quarta-feira (22) Carlito Pinheiro dos Santos, 67 anos, o ‘Carlitão’, pela acusação de abuso sexual contra as netas de 12 e 13 anos de idade. O Delegado de Polícia de Boca do Acre, Dr. Fábio Aly, representou pela prisão preventiva o idoso e aguardava decisão da Justiça>

Segundo o Delegado de Polícia o Inquérito Policial foi instaurado após, no dia 08 de agosto de 2014, às 22 horas, ter sido solicitado pelo Capitão da Polícia Militar, Carlos Sávio Malheiros Lisboa, para atender uma ocorrência em que uma senhora havia lhe procurado narrando que o avô de sua filha estava a molestando e não deixava ninguém ter paz em casa.

Na ocasião o Delegado de Polícia realizou Exame de Corpo de Delito na vítima, então com 13 anos de idade, e em outra adolescente que morava na residência, com 12 anos, apurando-se nenhuma das adolescentes possuíam hímen, ou seja, não eram mais virgens, fato que possivelmente foi consumado por ‘Carlitão’.

Com base na palavra das adolescentes e no depoimento da mãe das adolescentes, no outro dia o titular da 61ª Delegacia Interativa de Polícia representou pela prisão preventiva de Carlito, no entanto, o pedido não foi aceito pelo judiciário, que por não haver suficiência de material comprobatório da ação do meliante.

No entanto, convencido de que se tratava de um clássico caso de abuso sexual, agravado ainda mais por ser incesto (relação sexual entre parentes), Fábio Aly continuou investigando os crimes, providenciando avaliação psicossocial das adolescentes e ouvindo todos os componentes do núcleo familiar.

Segundo o delegado, no curso do inquérito, uma das adolescentes foi agredida fisicamente com um pedaço de cano por se negar a manter relações sexuais com Carlito. Ainda durante as apurações dos fatos, a Polícia Civil descobriu a existência de uma outra vítima do maníaco, uma criança de 9 anos de idade, que também não possuía a membrana himenal (não era mais virgem).

A polícia descobriu ainda atos e fatos escabrosos relacionados a ‘Carlitão’. Segundo a PC, o idoso “é dado à prática de zoofilia (sexo com animais) e, segundo moradores da região, há muito tempo tem o hábito de abusar sexualmente de bêbados que encontra pelas ruas, levando-os para casa em um carrinho de mão. Ainda pesa contra ‘Carlitão’, suspeitas de ele já ter praticado homicídio.

Com base nas informações colhidas o Delegado de Polícia novamente representou pela prisão preventiva do homem, sendo o pedido deferido em 26 de março de 2015, e o mandado cumprido ontem, dia 22, com o apoio da Polícia Militar.

Participaram das investigações o Delegado de Polícia, o Investigador Luciano Carvalho de Sena e o Guarda-Municipal César Antônio da Silva.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Estudante de Boca do Acre que tirou 800 pontos na redação do Enem diz que usa a internet tão somente para pesquisas

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

Francisco Matos Santana Júnior, 15 anos, estudante do 2º ano do ensino médio, da escola estadual Coronel José Assunção teve até o momento toda a sua trajetória em escolas públicas, no município de Boca do Acre.

Francisco Matos Júnior
Francisco Matos Júnior é estudante do 2º ano do Ensino Médio da escola estadual Coronel José Assunção

Por onde passou, Francisco sempre obteve destaque, ganhando medalhas e premiações dadas pela Secretaria de Estado da Educação e Qualidade do Ensino - Seduc, além de ser vencedor em concurso de leitura. Apesar de ser um exímio escritor, Francisco revelou que dentre todas as disciplinas, sua preferência é pela Matemática.

No ano passado, o adolescente prestou pela primeira vez o Exame Nacional do Ensino Médio e, para a surpresa dele mesmo, seu desempenho nas demais disciplinas e na redação foi louvável, digno de reconhecimento e registro histórico. Francisco Matos contabilizou nada menos do que 800 pontos na redação, ou seja, 80% do escrito foi aprovado por quem corrigiu texto do bocacrense.

Por conta do resultado, o aluno foi chamado para o curso de Enfermagem pela Universidade Federal do Acre, mas disse que está analisando a possibilidade, pois, segundo ele, outras oportunidades poderão surgir pelas instituições do Estado do Amazonas, como a UEA e a UFAM. O jovem prodigioso explicou que o motivo de ainda está pensando em aceitar o curso de Enfermagem no Acre é que o curso dos sonhos, a profissão mais desejada por ele é a Medicina.

O segredo do sucesso

Perguntado sobre o motivo do sucesso, Francisco respondeu que não existe segredo, mas uma receita que na maioria dos casos é infalível, a prática. “Sempre praticar redação e pelo menos tirar no mínimo de duas a três horas de estudo por dia para as demais disciplinas”, aconselhou.

Internet só para pesquisas

Francisco disse que sua rotina de estudos é de 3 a 4 horas, e às vezes mais, todos os dias. Diferentemente dos estudantes e da juventude em geral, que deixa grande parte do tempo dedicado às redes sociais, com bate- papos inúteis e pesquisas fúteis, o jovem destaque otimiza o tempo realizando pesquisas na grande rede para melhorar e majorar seu cabedal de conhecimento.

O foco é o futuro

Francisco surpreende ao adotar uma postura completamente diferente da maioria dos adolescentes de hoje. Apesar de estar na fase de descobertas, Francisco não tem o namoro e as baladas como foco na sua vida, tendo no horizonte apenas os estudos. Em tempos em que a juventude usa as redes sociais para se expor e cometer atrocidades com a Língua Portuguesa, o nosso estudante nota 10 faz o oposto. “A única rede social que eu tenho é o Whatsap, Facebook eu não tenho”, disse.

Agradecimento

Pela nota e pelo sucesso educacional, Francisco agradece primeiramente aos pais, Rosemildes Matos de Souza e Francisco Matos Santana, que de acordo com ele, sempre estão incentivando que ele vá fundo nos estudos. O estudante faz parte de uma família de professoras, que também cumprem o papel de incentivar que o jovem intelectual continue a trajetória de vitórias e conquistas.

Francisco fez questão de dizer que grande parte do sucesso dele se deve à escola e aos professores: “Eles passam toda a base para que possamos começar a estudar e tentam nos ajudar de todas as formas relacionadas ao estudo”, falou.

Orgulho

Para o gestor da escola Coronel José Assunção, Samuel Mota, esse resultado mostra que a escola está cada vez mais em evolução. Mota acrescentou que Francisco não é destaque somente na nota do ENEM, uma vez que ele foi premiado no ano passado com um tablet, por ter sido o melhor aluno do ensino médio. Pela Seduc, Francisco foi premiado e vai receber 500 reais como bonificação.

Outros casos de sucesso

Samuel lembrou que outros alunos da instituição conseguiram destaque no ano passado nos vestibulares e em outros processos de seleção.

Os ex-alunos da escola no ano passado que obtiveram êxito no vestibular da Universidade do Estado do Amazonas foram: Antonia Karina, Caio Gabriel, David Pessoa, Marilene Moura, Williane Albuquerque, todos aprovados no curso de Gestão Ambiental e Yasmin Gröhs, aprovada no curso de Licenciatura em Ciências Biológicas.

Pelo SIS-UEA, o bom resultado foi logrado por Cecília Maryane (Gestão Ambiental) e Jaíne Oliveira (Enfermagem) e a mesma aluna também foi aprovada no PSC-UFAM para Língua Portuguesa.

“A escola vem oferecendo oportunidade aos alunos, alguns não aproveitam, mas aqueles que aproveitam obtêm sucesso”, finalizou o gestor Samuel Mota.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Polícia Militar recupera mais uma moto roubada em Boca do Acre

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

Boca do Acre tem ‘recepcionado’ veículos roubados de origem acreana com bastante freqüência.

moto recuperada em boca do acre

Mais uma ação bem sucedida. A Polícia Militar teve sucesso em mais uma etapa da ‘Operação Mandim do Purus’, na recuperação de mais um veículo roubado. O fato ocorreu na última segunda-feira (20), em blitz realizada durante o período da manhã, no Platô do Piquiá.

Vários condutores foram abordados, e no meio desses tantos, um deles estava conduzindo uma motocicleta fruto de roubo. Mais uma vez o veículo é oriundo do estado do Acre. Trata-se de uma Yamaha Factor 125, preta, ano 2009, placa 6368.

Participaram da operação o tenente Miquéias, os sargentos Edilson Sena, Édno Dantas, os cabos W Vale, Uemerson e os soldados Idalgo, M Neves e Leandro Almeida.

Leia também

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Taxistas de Boca do Acre poderão ser proibidos de transportar passageiros para o Acre

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

Presidente dos Taxistas reclama não ter apoio da classe política de Boca do Acre.

taxi boca do acre
Taxistas de Boca do Acre poderão sofrer sanção do estado do Acre

Se o Acre decidir proibir a presença de taxistas de outros estados em solo acreano, pode significar graves e irreversíveis prejuízos para a classe dos taxistas em Boca do Acre. Foi neste sentido que observou o presidente do Sindicato dos Taxistas de Boca do Acre, Francisco Freire, após alertar para uma situação delicada e também reclamar que a classe política de Boca do Acre não está lutando com ele nessa batalha.

“Estou nessa, só eu e Deus, lutando para que a nossa classe não seja extinta e os passageiros de Boca do Acre não sejam prejudicados”, disse o presidente dos taxistas de Boca do Acre.

Situação preocupante

Freire informou que as chances da regra imposta pelo Governo do Acre entrar em vigor são grandes. De acordo com o presidente, se a medida passar a valer, nenhum taxista poderá entrar no Estado do Acre transportando cargas e/ou passageiros oriundos de outros estados. Com isso, os principais prejudicados são os profissionais do estado de Rondônia e do município de Boca do Acre.

Sozinho

“O pior de tudo é que estou me virando sozinho nessa batalha. Nenhuma autoridade de Boca do Acre se dispôs a me ajudar nessa luta”, reclamou Francisco Freire, que ainda ressaltou que se o Governo do Acre aprovar a medida vai significar o aniquilamento da classe dos taxistas de Boca do Acre. “Será o fim, acabou, seremos seriamente prejudicados”, reconhece Freire.

Autoridades de Rondônia se engajam

Segundo Freire, o estado de Rondônia está lutando para derrubar a medida acreana. O presidente dos taxistas de Boca do Acre teve informações que a classe política rondoniense está ao lado dos taxistas, num processo de diálogo com as autoridades do Acre.

Prejuízo em vários sentidos

De acordo com o Freire, hoje são 60 taxistas viajando no trecho entre Boca do Acre e Rio Branco. Com a proibição de trabalhar para o estado vizinho, os taxistas seriam obrigados a trabalhar somente no perímetro urbano de Boca do Acre, o que inviabilizaria ainda mais a continuidade da classe, por conta do grande número de táxis circulando internamente, comprometendo o ganho real de cada taxista.

“Se todos nós deixarmos de viajar para o estado do Acre e nos voltarmos somente para o mercado interno, estaríamos pagando para trabalhar”, ressaltou.

Freire disse que a situação vai ficar complicada não somente para os taxistas, mas principalmente para a população que precisa viajar de avião a partir do aeroporto internacional de Rio Branco. Francisco citou que os taxistas desempenham um papel fundamental que é o de deixar e pegar os passageiros diretamente no aeroporto da capital acreana, facilitando o itinerário e evitando gastos mais elevados.

“Hoje o passageiro de Boca do Acre que quer embarcar no aeroporto de Rio Branco, pega um táxi em Boca do Acre e desembarca no local que quiser, se essa viagem for feita de ônibus, o passageiro vai para a rodoviária e de lá ainda vai pagar uma quantia exorbitante para ir ao aeroporto”, disse Freire.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

PM faz balanço da ‘Operação Mandim do Purus’

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

Dois traficantes presos e uma motocicleta recuperada durante as ações de fim de semana da Polícia Militar

blitz em boca do acre
PM faz blitz e orienta condutores quanto ao uso do capacete e do cinto de segurança

O final de semana foi intenso para a corporação da Polícia Militar de Boca do Acre. Sob o comando do Capitão Carlos Malheiros, uma equipe de 22 policiais realizou a ‘Operação Mandim do Purus’, fez revistas em bares e casas noturnas, prendeu traficantes e recuperou uma motocicleta roubada. As ações ocorreram desde sexta-feira (17) até a madrugada de domingo (19). De acordo com o Comandante da PM em Boca do Acre, Tenente Carlos Malheiros, o objetivo da operação é a inibição de ilícitos na noite bocacrense.

Traficando no São Paulo

Na sexta, os policiais efetuaram a prisão do infrator Daniel Nascimento de Souza, 24 anos, pelo crime de tráfico de droga. Denúncias chegaram até a PM de que Daniel estaria comercializando entorpecentes no bairro São Paulo, 2º Distrito de Boca do Acre, na margem esquerda do rio Purus. A guarnição se deslocou até a localidade em busca do traficante, obtendo êxito ao encontrar e prender o acusado com 95,4 gramas de maconha. De acordo com informações da Polícia Militar, Daniel utilizava a própria casa como ponto de venda da droga.

daniel
Rafael Almeida Leonel, 19 anos, foi preso no Centro da Cidade acusado de tráfico de Droga

Participaram da operação o sargento Edilson Sena, o cabo W. Vale e os soldados Oséias Lima e Tárcio Ribeiro.

Traficante é preso no Centro

Ainda como fruto da Operação Mandim do Purus, a PM prendeu Rafael Almeida Leonel, 19 anos sob a acusação de tráfico de droga. O fato se deu na avenida Getúlio Vargas, no Centro da Cidade e, ainda em companhia de Rafael, estavam duas menores de idade, são elas D.D.L, 16 anos, e L. F. N., 15 anos. A polícia chegou até o trio após receber denúncias anônimas de que o grupo estaria preparando a droga para a venda.

Chegando ao local, os acusados foram surpreendidos pela guarnição. Nesse instante, uma das menores tentou se livrar do entorpecente, jogando pela janela, entretanto, para o azar dela, os outros integrantes da guarnição da PM se posicionaram em pontos estratégicos, antevendo a atitude. Depois de fazer um pente-fino na casa, a polícia encontrou 23 trouxinhas de uma substância de odor característico de pasta à base de cocaína, pesando 22,3 gramas.

Também foram encontrados no local alguns recortes de plásticos que eram utilizados para a embalagem da droga. Diante da situação, a polícia deu voz de prisão a Rafael e as menores foram liberadas no local da ocorrência.

rafael
Rafael Almeida Leonel, 19 anos, foi preso no Centro da Cidade acusado de tráfico de Droga

Participaram da operação o cabo Jansem e os soldados Carolinne Félix, Idalgo e M Neves.

Recuperação de moto roubada

Na madrugada de domingo (19), policiais faziam blitz na saída de uma das casas noturnas no Platô do Piquiá. Um dos abordados, Cícero Brandão Fernandes, estava trafegando em uma moto sem o uso do capacete, motivo que o levou a ser parado pelos policiais, que em seguida procederam com investigação sobre a origem do veículo, foi quando as informações diziam que a motocicleta NXR BROS, preta, placa MZS 4129 havia sido roubada em Rio Branco-Ac.

moto recuperada em boca do acre
Motocicleta roubada no Acre é recuperada em Boca do Acre

Participaram da operação o tenente Miquéias, os sargentos Edilson Sena e Édino Dantas, os cabos W. Vale e Uemerson e os soldados Idago, M Neves e Márcio Félix.

pm boca do acre
22 policiais mobilizados e empenhados na 'Operação Mandim do Purus'

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Dia do Índio: Aldeia Camicuã em festa, recebe grande público para celebração da data

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

Os indígenas da etnia Apurinã recepcionaram estudantes, instituições e a comunidade em geral para festejar o Dia Nacional do Índio.

dia do indio
Foto: Taciana Peron

Indígenas da etnia Apurinã realizaram neste domingo (19 de abril), mais um tradicional evento comemorativo ao seu dia. A festa que busca valorizar a cultura indígena teve brincadeiras, apresentações e comidas típicas. Dentre os presentes estavam o agente fluvial de Boca do Acre, capitão-tenente Lemos e estudantes do curso Turismo Regional da UEA, além de amigos, convidados e instituições.

O cacique da tribo, Francisco Apurinã, falou do prazer em receber os presentes e destacou o movimento que acontece também hoje (18 de abril) em Brasília, em que os indígenas cobram do Governo Federal seus direitos, o principal deles, a demarcação das terras indígenas que continuam sendo violada pela ganância do homem.

No Dia 19 de abril se comemora em todo o Brasil o Dia do Índio, data em que todos devem fazer uma reflexão sobre a necessidade de conservação ambiental. Levando em conta todo o desrespeito e sofrimento em que o homem branco proporcionou aos índios quando chegaram ao Brasil no ano de 1500 e a necessidade urgente de preservação da fauna e flora para sobrevivência do planeta que está adoecendo a cada dia.

Para o professor do Curso de Turismo Regional, Rogério Braga, os indígenas desempenham um papel importante nesta questão da preservação da floresta e do meio ambiente como um todo.

A Aldeia Camicuã fica localizada em Boca do Acre, margem esquerda do rio Purus. Para chegar ao local basta pegar uma catraia e atravessar o Purus. Os visitantes se disseram satisfeitos com a receptividades dos Apurinãs.

"Não sabia que esses povos indígenas são tão receptivos. É importante que as pessoas saibam da beleza deste lugar e desta receptividade", destacou Rogério Braga.

Confira aqui galeria de fotos

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Passageiros reclamam do preço e do serviço de táxi para Rio Branco

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive

Usuários relatam que os taxistas às vezes se recusam a ir buscá-los ou deixá-los dentro de Rio Branco se o ponto de parada for longe

táxi boca do acre

Os usuários do serviço de táxi intermunicipal têm reclamado de forma acintosa a respeito de abusos praticados por alguns integrantes da classe dos taxistas. Passageiros falam que quando chegam em Rio Branco-Ac, já foram vítimas de taxistas que querem deixar os passageiros no ponto de táxi, na antiga rodoviária, no bairro Cidade Nova ou então ensaiam a cobrança de um adicional para deixar o passageiro no local de destino. Outra reclamação é que quando passageiros está na capital acreana e liga para o ponto de táxi, os taxistas se recusam a ir buscar a pessoa, a não ser que seja pago um adicional.

Procuramos a presidência do Sindicato dos Taxistas de Boca do Acre para se pronunciar sobre as reclamações. O presidente da classe, Francisco Freire, disse que essa cobrança é ilegal, pois, segundo ele, o preço de R$ 80 reais é para deixar ou pegar o usuário em qualquer ponto da cidade, seja de Boca do Acre ou de Rio Branco. De acordo com o presidente, aquele que se sentir lesado, deve procurar o sindicato, com o nome do taxista, a placa e o modelo do veículo para denunciar o abuso.

Passagem aumenta R$ 5 reais

A passagem de táxi para Rio Branco que há bem pouco tempo era de 60 reais, hoje está R$ 20 reais mais cara. Os sucessivos aumentos no preço da gasolina e as condições de trafegabilidade da BR-317 são as maiores justificativas para o aumento no preço da passagem do táxi entre Boca do Acre e Rio Branco. O último reajuste aconteceu há pouco tempo, quando a passagem subiu 6%, de R$ 75 para R$ 80 reais.

Aumento dentro da cidade está descartado

Sobre o valor da passagem dentro da cidade, que atualmente é de R$ 4 reais, também reajustada recentemente, o presidente descartou qualquer cogitação para elevação do valor.

Leia também

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015