Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Lábrea

Comunitários da Resex Ituxi iniciam exploração madeireira sustentável

Avaliação do Usuário

Star ActiveStar ActiveStar ActiveStar ActiveStar Active

Após anos de luta os moradores da Reserva Extrativista (Resex) Ituxi, localizada em Lábrea, região Sul do Amazonas, iniciam no próximo dia 02 de setembro a exploração madeireira autorizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) por meio de Plano de Manejo Florestal Sustentável (PMFS). O volume a ser explorado na primeira Unidade de Produção Anual (UPA), segundo a Autorização de Exploração (Autex), pode chegar a 440,26 m³ de madeira serrada.

​“Nosso povo vive da floresta. É de lá que tiramos nosso sustento. Lutar para usá-la e conservá-la foi uma escolha que fizemos lá atrás e que hoje dá resultados. Não poderíamos estar mais felizes”. A declaração expressa o entusiasmo do presidente da Associação dos Produtores Agroextrativistas da Assembleia de Deus do Rio Ituxi (Apadrit), Silvério Maciel, com o início das atividades de exploração madeireira sustentável.

O Instituto Floresta Tropical (IFT) apoia a iniciativa comunitária desde 2013 e realizará os treinamentos de manejo florestal, que inclui técnicas desenvolvidas pela instituição durante 20 anos de atuação na Amazônia. "É um momento ímpar para os manejadores, e para nós do IFT também. Foram três anos de preparação e agora vamos colocar em prática todo o trabalho que estamos construindo junto com os manejadores, ICMBio e APADRIT" comenta Ana Luiza V Espada, engenheira florestal e coordenadora do Programa de Manejo Florestal Comunitário e Familiar do IFT, responsável pela elaboração do PMFS.

O manejo florestal de produtos madeireiros é considerado pelos moradores da Reserva um importante item integrante da cesta de produtos florestais. A atividade econômica foi aprovada pelo Conselho Deliberativo da Unidade de Conservação (UC) e a escolha da localização da área foi consenso entre moradores. Contudo, nem todas as comunidades tem interesse no manejo madeireiro. “O grupo de manejadores pretende criar mecanismos sociais que beneficiem todas as comunidades e localidades da Resex, de forma a socializar os benefícios do manejo florestal para todos os moradores”, afirma Joedson Quintino, gestor da Resex Ituxi pelo ICMBio.

Instituída pelo governo federal no ano de 2008, a Resex Ituxi possui área aproximada de 780 mil hectares cobertos de florestas de terra firme e várzea. No último censo demográfico realizado pelo ICMBio, em 2012, foram registrados 564 habitantes divididos em 123 famílias e 19 assentamentos humanos, distribuídos entre comunidades e localidades. As principais atividades produtivas desenvolvidas pelos moradores da Resex Ituxi são: coleta da castanha-do-Brasil, produção de farinha de mandioca, extração do óleo-resina de copaíba, exploração madeireira e manejo do pirarucu.

Sustentabilidade

Em 2012, o IFT foi contratado pelo Banco Mundial durante a realização de projeto gerenciado pelo Centro Nacional de Apoio ao Manejo Florestal (Cenaflor) para conduzir capacitações preliminares, como o curso de Técnicas Pré-exploratórias do Manejo Florestal e para avaliar o potencial para o manejo florestal comunitário e familiar em quatro UCs federais da Amazônia, entre elas a Resex Ituxi. O relatório revelou um alto potencial para o desenvolvimento do manejo florestal nesta Resex.

Ainda em 2012, o IFT foi convidado pelo ICMBio e moradores da Resex Ituxi para elaborar, supervisionar e apoiar a implementação do PMFS a partir de discussões conduzidas em Lábrea durante a realização da reunião para operacionalização do manejo. A partir desta agenda, o IFT e a APADRIT firmaram, em 2013, o primeiro Acordo de Cooperação Técnica, formalizando as ações conjuntas na Resex Ituxi e o compromisso dos moradores e associação com as ações propostas pelo instituto.

A partir da assinatura do acordo, o IFT intensificou as atividades de apoio à implantação MFC em Ituxi. “Apresentamos projeto ao Fundo Vale, um dos nossos principais parceiros, e o escopo contempla as atividades que realizamos na Resex Ituxi. Por meio da parceria, conduzimos oficinas, seminários, reuniões, construímos o Marco Estratégico do Empreendimento Angelim – nome dado ao projeto de manejo florestal administrado pelos comunitários-, auxiliamos no pregão presencial para a venda da madeira e tantas outras atividades. Agora chegou a hora de tornar o sonho deles algo real”, comentou Ana Luiza V. Espada.

Exploração

O grupo de manejadores que vai realizar a exploração florestal é composto por 18 comunitários. A escolha foi feita durante encontros que estabeleceram as diretrizes para o manejo florestal. As atividades desenvolvidas em campo serão todas realizadas pelo grupo, com o apoio e acompanhamento dos técnicos do IFT.

Segundo Wallacy Barreto, engenheiro florestal do instituto, cada etapa da exploração será conduzida por subgrupos de manejadores. “Alguns vão trabalhar como motosserristas, outros como tratoristas, alguns na área do planejamento da atividade. Enfim, é um trabalho completamente conduzido por eles, o que torna a atividade ainda mais especial, já que ninguém conhece a floresta deles melhor do que eles. O IFT vai ajudar realizando treinamentos em campo de planejamento e arraste; técnicas de corte; e operações de pátio, além de instrução sobre o Documento de Operação Florestal e acompanhamento das atividades”, argumentou. A madeira tem destino certo, será vendida para o polo moveleiro local e para empresas localizadas em municípios vizinhos.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Festa do Sol em Lábrea vai acontecer nos dias 21, 22 e 23 de agosto. Veja programação

Avaliação do Usuário

Star ActiveStar ActiveStar ActiveStar ActiveStar Inactive

A Festa do Sol, um dos mais tradicionais eventos de verão da calha do Purus que acontece anualmente no município de Lábrea, está com data confirmada para o terceiro final de semana do mês de agosto, sexta (21), sábado (22), e domingo (23). Será três dias de intensas atividades, com eventos esportivos, apresentação de bandas locais e nacional. E, o concurso Garota e Garoto Sol 2015, um desfile quente e envolvente para apimentar ainda mais a festa.

festa do sol
Foto: Divulgação

Veja programação

Sexta-feira, dia 21 (Abertura)
07:00hs – Abertura com Show pirotécnico
07:15hs – Jogos eliminatórios / Atividades esportivas
10:30hs – Concurso de dança
11:30hs – Show de calouros – Mirim e adulto (Eliminatória)
13:30hs – Banda Gingado de Menina
15h30hs – Banda Nova Onda
17:00hs – Banda Swing e Country
22:00hs – Baile dos visitantes

Sábado, dia 22
07:00hs – Semifinais dos jogos
10:00hs - Show de calouros – Mirim e adulto (final)
11:00hs – Dj Rosay
12:00hs Banda Nova Onda
14:00hs – Apresentação das Garota e Garoto Sol 2015
15:00hs – Banda Forró Ideal
17:30hs – Banda Gingado de Menina
21:00hs – Banda Nova Onda (Orla)
23:00hs - Banda Swing e Country (Orla)
01:0hs – Banda Forró Ideal (Orla)

Domingo, dia 23 (Encerramento)
07:00hs – Finais dos jogos
10:00hs – Dj Rosay
11:00hs – Gingado de Menina
12:30hs – Banda Nova Onda
14:00hs – Final do Concurso Garota e Garoto Sol 2015
15:00hs –Versalle (Atração nacional)
17:00hs – Forró Ideal
21:00hs – Nova Onda (Orla)
23:00hs – Banda Swing Country ( Orla)
01:00h – Banda Gingado de Menina (Orla)

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Leilão Vip fará leilão de imóveis do Banco Bradesco em Boca do Acre, Pauini e Lábrea

Avaliação do Usuário

Star ActiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Irão a leilão áreas comerciais, residenciais, chácaras e terrenos. Em Pauini, 5 imóveis, Lábrea, 2, e Boca do Acre, 1 imóvel

leilão vip no sul do amazonas
Foto: Divulgação

Empresa especializada em leilões, Leilão Vip, estará realizando sábado (dia 25 de julho), a partir das 10h, a venda online e presencial de diversos imóveis das agências Bradesco em cidades do Amazonas, dentre elas, Boca do Acre, Pauini e Lábrea, ambas localizadas na região sul do estado. Os interessados em aventurar nos lances e adquirir imóveis abaixo do preço de mercado deverá acessar o site Leilão Vip, fazer um cadastro e ficar atento naquele que for de seu interesse.
 
Dentre os imóveis que irão a leilão, estão áreas comerciais, residenciais, chácaras e terrenos. Em Pauini, 5 imóveis, Lábrea, 2, e Boca do Acre, 1 imóvel.
 
O site disponibiliza diversas ferramentas online que facilitam na hora da compra, como fotos, medidas, endereço e valor mínimo dos lances. De modo fácil e simples qualquer interessado poderá ter a oportunidade de dar seus lances. No entanto, Leilão Vip recomenda que o comprador verifique os imóveis pessoalmente antes de dar seu lance e que leia aqui o Edital.
 
Outras facilidades são as formas de pagamento, à vista, o comprador ganha 10% de desconto, ou ainda, com sinal e saldo, poderá parcelar em 12 mensais iguais (24, 36 e 48 meses). E pelo financiamento imobiliário, parcelando em até 360 meses.
 
Informações diretamente pelo site ou ligando (98) 3334-8888 e 3334-8898.

Confira abaixo relação de alguns dos imóveis à venda no Sul do Amazonas

Pauini

Endereço: Rua Ananias Teixeira, s/n°, Cidade Alta. Pauiní-AM.  
Cidade: PAUINI (Interior)     Estado: AMAZONAS   
Situação: Ocupado
Descrição: Pauiní (Lote 9) - Cidade Alta. Rua Ananias Teixeira, s/n°. Imóvel residencial/comercial. Áreas totais: terr. 301m² e constr. estimada no local 352m². Matr. 485 do RI local. Obs.: Regularização e encargos de eventual divergência da área construída estimada no local, com a lançada no IPTU e averbada no RI, correrão por conta do comprador. Ocupado. (AF) Valor mínimo: R$ 59.900,00    
 
Endereço: Rua da Olaria s/n, São Francisco. Pauini-AM.  
Cidade: PAUINI (Interior)     Estado: AMAZONAS   
Situação: Ocupado
Descrição: Pauini (Lote 29) - São Francisco. Rua da Olaria s/n. Casa. Áreas totais: terr. 1.800m² e constr. 87m². Matr. 447 do RI local. Obs.: Ocupada. (AF) Valor mínimo: R$ 19.900,00.    
 
Endereço: Travessa Augusto Afonso, s/n, Cidade Baixa. Pauiní-AM.  
Cidade: PAUINI (Interior)     Estado: AMAZONAS   
Situação: Ocupado
Descrição: Pauiní (Lote 40) - Cidade Baixa. Travessa Augusto Afonso, s/n. Imóvel comercial/residencial. Áreas totais: terr. 176m² e constr. estimada no local de 142m² (consta no RI 124m²). Matr. 422 do RI local. Obs.: Regularização e encargos de divergência de área construída estimada no local com a lançada no IPTU e averbada no RI, correrão por conta do comprador. Ocupado. (AF) Lance Mínimo: R$ 15.000,00    
 
Endereço: Rua do Asfalto, s/n°, Bairro Quatro Bocas. Pauiní -AM.  
Cidade: PAUINI (Interior)     Estado: AMAZONAS   
Situação: Ocupado
Descrição: Pauiní (Lote 63) - Bairro Quatro Bocas. Rua do Asfalto, s/n°. Imóvel comercial em madeira. Áreas totais: terr. 375m² e constr. estimada no local 186m². Matr. 510 do RI local. Obs.: Regularização e encargos de eventual divergência de área construída que vier a ser apurada no local, com a lançacada no IPTU e averbada no RI, correrão por conta do comprador. Ocupado. (AF) Lance mínimo: R$ 29.000,00    
 
Endereço: Rua Francisco de Assis Ferreira, s/n°, Bairro São Francisco. Pauini-AM.  
Cidade: PAUINI (Interior)     Estado: AMAZONAS   
Situação: Ocupado
Descrição: Pauini (Lote 68) - Bairro São Francisco. Rua Francisco de Assis Ferreira, s/n°. Casa. Áreas totais: terr. 231m² e constr. estimada no local 144m². Matr. 481 do RI local. Obs.: Regularização e encargos de divergência da área construída estimada no local, com a lançada no IPTU e averbada no RI, correrão por conta do comprador. Ocupada. (AF) Valor mínimo: R$ 12.000,00    
 
Lábrea

Endereço: Rodovia Transamazônica e Estrada do Aeroporto, Pantanal. Lábrea-AM.  
Cidade: LABREA (Interior)     Estado: AMAZONAS   
Situação: Ocupado
Descrição: Lábrea (Lote 25) - Pantanal. Terreno c/ aprox. 8,26ha, BR 230 – Rodovia Transamazônica e Estrada do Aeroporto. Matr. 2.798 – 1º RI local. Obs.: Imóvel foreiro. Ocupado. (AF) Lance Mínimo: R$ 34.000,00    
 
Endereço: BR 230-Rod Transamazônica (fundo com entrada do aeroporto) lote 02, Pantanal. Lábrea-AM.  
Cidade: LABREA (Interior)     Estado: AMAZONAS   
Situação: Ocupado
Descrição: Lábrea (Lote 72) - Pantanal. BR 230-Rod Transamazônica (fundo com entrada do aeroporto) lote 02. Terreno c/ 82.688m². Matr. 2.800 do 1° RI local. Obs.: Eventual desocupação correrá por conta do comprador. (AF). Valor mínimo: R$ 186.000,00    
 
Boca do Acre

Endereço: Travessa da Horta III, 346 (lt. 11 da qd. 67). Praia do Gado. Boca do Acre-AM.  
Cidade: BOCA DO ACRE (Interior)     Estado: AMAZONAS   
Situação: Ocupado
Descrição: Boca do Acre (Lote 58) - Praia do Gado. Travessa da Horta III, 346 (lt. 11 da qd. 67). Prédio comercial. Áreas totais: Terr. 227m² e constr. 198m². Matr. 2.878 do RI local. Obs.: Ocupado. (AF) Valor mínimo: R$ 55.000,00    

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Sete procurados pela polícia são presos durante a 'Operação Onça' em Lábrea

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
Dois adolescentes também foram apreendidos na operação conjunta de policiais militares e civis do município, que teve início na terça-feira (19) e finalizou na manhã da última quarta-feira (20)
lábrea
As investigações irão continuar para localizar outras pessoas que estejam envolvidas
nos crimes (Divulgação)

Sete pessoas foram presas e dois adolescentes de 17 anos foram apreendidos durante a ‘Operação Onça’ deflagrada no município de Lábrea, distante 610 quilômetros de Manaus. O objetivo da ação era identificar, localizar e prender pessoas apontadas em diversos crimes naquela região. A operação iniciou na terça-feira (19), por volta de 8h, e finalizou na manhã da última quarta-feira (20).

Atuaram na operação policiais militares da 4° Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e também policiais civis.

A primeira ação da operação foram as prisões de Railque Pereira da Silva, 23, e Rosinaldo Alves Feitosa, 23, e a apreensão de um adolescente. O trio já estava sendo procurado pelo crime de lesão corporal grave, que teve como vítima um homem de 29 anos. Na ocasião desta ocorrência, a vítima foi agredida por oito pessoas que integram uma quadrilha, teve várias lesões pelo corpo e também parte de sua orelha arrancada por uma mordida de um dos homens.

Outra prisão realizada foi do José Vieira da Silva, 23. O homem foi indiciado por tentativa de homicídio e ameaça. Ele teria se armado com um terçado para tentar matar um homem identificado como André Soares Silva, 23 anos.

A terceira parte da operação resultou na prisão de Antônio Fernandes de Lima Filho, 28 anos e David Maciel Gomes, 23, e também um adolescente de 17 anos apreendido. Conforme a Polícia Militar, o trio também cometeu o crime de lesão corporal grave que vitimou um outro adolescente de 17 anos.

Nesta ação conjunta, os policiais prenderam também Lucineide da Silva Rocha, 27, e José Jesus Barros da Silva, 38. A dupla teria participado de um roubo a um estabelecimento comercial no município.

Após as prisões, todos os suspeitos foram encaminhados e autuados na delegacia do município. As investigações irão continuar para localizar outras pessoas que estejam envolvidas nos crimes.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Adjuto Afonso destaca ações do governo em Lábrea e avalia positivamente

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

O deputado Adjuto Afonso (PP) relatou na manhã de hoje (28), durante o pequeno expediente no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), os resultados da viagem realizada no último fim de semana, em que acompanhou o titular da Secretaria de Produção Rural (Sepror), deputado Sidney Leite (Pros), ao município de Lábrea (702 km da capital).

adjuto afonso em lábrea
Fotos: Diego Peres

Tendo como uma das bandeiras de luta trabalhar projetos que incentivem e fomentem a economia no interior para viabilizar alternativas de geração de renda, o deputado Adjuto está sempre atento às ações direcionadas ao interior, e avaliou de forma positiva as ações realizadas no fim de semana pelo governo do Estado. "Lá, foi desenvolvido uma grande ação do governo do Estado. Se falou na implantação do Banco do Povo, visitamos um projeto de piscicultura, que hoje já está em convênio com a prefeitura. Fizemos uma visita na fábrica de castanha, que beneficia e compra a castanha dos nossos produtores", salientou.

O deputado destacou a entrega de 300 kits sangria para seringueiros, compostos por 400 tigelas, 400 bicas, quatro lâminas de sangria, balde e lanterna de cabeça, equipamentos necessários para a execução da atividade, que precisa ser impulsionada. "A borracha que se produz no Purus é insuficente até para a indústria em Manaus que beneficia essa borracha, fabrica pneu e ainda é necessário comprar borracha de outras regiões do país. Hoje, o governo, através da Sepror, faz esse investimento na distribuição de equipamentos e também falando da subvenção, de forma que possa gerar emprego e renda para o interior do Estado.

Mais investimentos - Adjuto Afonso disse ainda que, na ocasião, o deputado Sidney Leite informou que deverá ser implantado em Lábrea um projeto de milho de várzea para atender a região, além de assumir o compromisso de ampliar a fábrica de castanha, que beneficia atualmente apenas 20% do produto, enquanto que 80% vai para outros Estados, são levadas para o Pará ou beneficiadas em outros Estados, até nos países que fazem fronteira com o Amazonas".

Ele finalizou destacando a inauguração de um frigorífico da iniciativa privada no município. "Talvez um dos matadouros mais modernos que se tenha no Estado do Amazonas, que investiu mais na construção e o governo deu todo o apoio, lá estavam o Idam, a Adaf, com o projeto dizendo as normas de segurança e de como funcionar".

Acompanharam também a ação o presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), Edmar Vizzoli, e o presidente da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), Sérgio Rocha Muniz.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Adjuto Afonso apoia campanha em prol dos atingidos pela cheia no Purus

Avaliação do Usuário

Star ActiveStar ActiveStar ActiveStar ActiveStar Active

A região do rio Purus, no Sul do Amazonas, já contabiliza mais de 5 mil famílias afetadas pela cheia dos rios, conforme informações divulgadas na mídia local. Esta semana, a Associação dos Filhos e Amigos do Purus (Afap) iniciou uma campanha para arrecadar roupas e calçados que serão enviados para os atingidos pela enchente da região, que perderam todos os seus pertences.

adjuto em lábrea
Foto: Domingos Victor


O deputado Adjuto Afonso (PP) aderiu à campanha e reforça o pedido de ajuda às famílias atingidas. Adjuto tem um carinho especial pelo Purus pois é sua região de origem e sempre está envolvido com as demandas dos municípios daquela região. Ele vem acompanhando a situação, e sugeriu na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), a criação de uma Comissão dos deputados para visitar in loco as áreas afetadas e acompanhar as ações do governo, auxiliando no que ainda for necessário.

Adjuto Afonso já esteve em Lábrea (a 610 km) e percorreu a extensão da orla da cidade e algumas comunidades. Ele conversou com as famílias, e constatou a necessidade e urgência da atenção do poder público.

Para ajudar as famílias do Purus, a Afap estará realizando neste sábado (14) um grande mutirão de arrecadação, com uma equipe à disposição para receber as doações das 8h às 13h. O endereço para entrega é na Rua Cmte Noberto Won Gal, numero 27, no Conjunto Hileia, em frente a bola, ao lado do Posto Ipiranga. Para mais informações, o telefone para contato é 92-9-8169-8099.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Lábrea: Policia Militar prende homem acusado de estupro

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Policiais Militares do município de Lábrea detiveram Elildo de Souza Moraes, 20 anos, acusado de estupro. O crime aconteceu na comunidade Araçá no Rio Ituxi, no município de Lábrea, por volta das 23 horas do sábado.

A vítima após ser abordada pelo acusado, gritou, chamando a atenção dos moradores que imediatamente acionaram os policiais que conseguiram evitar a consumação do fato. O acusado foi apresentado na delegacia do município.

Por: Assessoria da PM

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Prefeitura recebe implementos pra agricultura familiar do município

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

A Prefeitura de Lábrea recebeu nesta segunda-feira (02) um Trator equipado com maquinário para aragem de solo e implementos para plantio nas propriedades dos produtores rurais do município. O Trator será colocado à disposição dos agricultores através de ações da Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento, o que irá aumentar ainda mais a agilidade dos serviços prestados pela Prefeitura no apoio à produção local.

O Prefeito Evaldo Gomes comentou sobre os benefícios conquistados com a aquisição deste maquinário. “Através da mecanização e aragem da terra dos agricultores familiares de nosso município, poderemos aumentar a produtividade das áreas cultivadas e com isso atingir vários benefícios, que dentre eles destaco a diminuição do desmatamento da floresta e o aumento da renda dos produtores de Lábrea.” Ressaltou o Prefeito.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Evento reúne filhos do Purus em Manaus

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

A Associação dos Filhos e Amigos do Purus (Afap) realiza, no próximo dia 13 de dezembro, mais um Encontro dos Filhos e Amigos do Purus, uma confraternização com os moradores dos municípios de Lábrea, Pauini, Canutama, Boca do Acre, Beruri e Tapauá residentes em Manaus. O evento acontecerá a partir das 11h, no clube Rancho Sertanejo, localizado no início da avenida Professor Nilton Lins, em frente ao Aeroclube.

De acordo com a Afap, o evento é destinado as pessoas que nasceram no Purus, mas que moram em Manaus. Retire seus convites com os nomes abaixo:

BOCA DO ACRE: Israel Assis 98169-8099; LÁBREA: Valdecira Galvão 99244-5655 e Ana Tesse Farias 99136-0171; PAUINI: Maria Nonata (Nega) 99409-7797 e Manoel Nobre 99177-6663; CANUTAMA: Stenilson Pontes: 99173-1717 e Paulo Pontes 99475-5190;
TAPAUÁ: Orleilson (Orla) Andrade 99448-1006; BERURI: Charles Feitoza 99148-0696;

natal do purusSERVIÇO

O QUE: Encontro dos Filhos e Amigos do Purus

QUANDO: SÁBADO (13-12)

ONDE: Rancho Sertanejo, início da avenida prof. Nilton Lins, em frente Aeroclube

HORÁRIO: De 11h às 16h

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Lábrea está entre os município do AM produtores de Castanha-do-Brasil que terão ajuda financeira

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Aporte vai beneficiar 2 mil famílias em Amaturá, Barcelos, Beruri, Boca do Acre, Lábrea e Manicoré para alavancar a coleta e produção no Amazonas


csatanhaSeis municípios produtores de Castanha-do-Brasil receberão aporte financeiro de R$ 6 milhões para alavancar a coleta e produção no Amazonas. O subsídio beneficia 2 mil famílias em Amaturá, Barcelos, Beruri, Boca do Acre, Lábrea e Manicoré, cidades com agroindústrias de beneficiamento de castanha. Com o incentivo, a produção deve passar de 130 toneladas para 550 toneladas anuais.

De acordo com o chefe do Departamento de Produtos Florestais da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Willis Meriguete, as cooperativas passarão a funcionar com a capacidade máxima. “As cooperativas estavam trabalhando abaixo da capacidade de produção. Antes a castanha precisava ser vendida para atravessadores, prejudicando a geração de renda para os produtores”, explica Meriguete.

Para o extrativista da Cooperativa de Beneficiamento de Produtos Agroextrativistas de Amaturá, Ronildo dos Santos, o apoio financeiro vai fomentar a produção de castanhas do município. “O incentivo vai beneficiar diretamente 400 famílias de Amaturá. Vamos aumentar a renda e valorizar nosso trabalho”, comemora.

O aporte financeiro para alavancar a produção de castanha no Amazonas foi viabilizado pela Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Para promover planejamento e assistência técnica aos produtores, um termo de cooperação técnica foi assinado entre as cooperativas de castanha e a Secretaria da Produção Rural do Amazonas (Sepror), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), ADS, Afeam, Conab, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (SDS) e Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Castanhais

Coletada e beneficiada entre os meses de dezembro e junho, a Castanha-do-Brasil é proveniente de castanhais naturais. No Amazonas, as regiões com maior número de castanhais são as calhas do rio Purus, Madeira, Baixo Amazonas, Médio Baixo Amazonas, Médio Solimões e Médio Baixo Solimões.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015