Purus

Purus

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Aumentar a segurança energética para Rondônia e Acre. Essa é a proposta do projeto de Lei Complementar 102/2016 apresentado pelo governo de Rondônia e aprovado na quarta-feira (11) pela Assembleia Legislativa que permite elevação do reservatório da usina em apenas 80 cm, mas com a capacidade de injetar no sistema Acre/Rondônia 417 megawatts. Potencial maior que toda capacidade da usina de Samuel, por exemplo, e equivale a cerca de 40% da demandas dos dois estados.

A Hidrelétrica Santo Antônio possui seis turbinas que produzem energia com exclusividade para Rondônia e Acre que devem passar a ser aproveitadas em sua capacidade classificada como ótima pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Uma medida realizada com responsabilidade ambiental.

O aumento do reservatório irá reduzir apenas 0,23% (669.8 ha) da área ocupada por três unidades de conservação estaduais: Estação Ecológica Serra Três Irmãos, Floresta Estadual de Rendimento Sustentado do Rio Vermelho C e Reserva Extrativista de Jacy-Paraná. Uma área considerada pequena do ponto de vista técnico e que portanto não altera as condições ecológicas para preservação da flora e fauna das unidades.

A iniciativa ainda gera impactos positivos no desenvolvimento do Estado tornando Rondônia mais atrativa para novos empreendimentos geradores de empregos e impostos e aumenta a arrecadação de contribuições, especialmente os royalties.

Além disso, um Termo de Compromisso firmado entre a concessionária Santo Antônio Energia, Prefeitura de Porto Velho e a Associação de Municípios de Rondônia (Arom) garante R$ 81 milhões em compensações sociais, destes R$ 30 milhões destinados a prefeitura de Porto Velho para investimentos no distrito de Jacy-Paraná e os demais recursos serão destinados aos municípios de Rondônia como fomento econômico. O que equivale a R$ 1 milhão para cada município.

Curta nossa página no Facebook

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O prefeito Marcus Alexandre (PT-AC) deve assinar a sua Carta de Renúncia até essa quinta-feira (dia 5), para disputar o governo do Estado. O petista é o candidato majoritário da Frente Popular do Acre (FPA) na sucessão estadual desse ano. A vice prefeita Socorro Neri (PSB-AC) assume a prefeitura de Rio Branco para completar o mandato que, só encerraria em 2020.

Sem apoio do atual, presidente da República, Michel Temer, o prefeito entrega o comando do município a sucessora, com a consciência do dever cumprido. Em quase seis anos como gestor, ele ampliou as principais avenidas, para melhorar o tráfego de veículos,   inaugurou o sistema integrado de transporte público, entregou a obra semi-acabada do Shopping Popular de Rio Branco, que consumiu R$ 8 milhões.

Com o empréstimo concedido pela Caixa, o empreendimento que está na fase de acabamento, mas deverá ser inaugurado em um ano. O dinheiro será captado, através da linha Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), pois o novo Shopping Popular contará com uma área estipulada em 12 mil metros quadrados nas imediações do atual Camelódromo de Rio Branco, no centro da cidade.

O projeto contará com a construção de 450 boxes, que serão distribuídos no primeiro piso, cerca de 165 no primeiro andar e 120 no segundo piso, onde contará ainda com uma praça de alimentação.“Tenho um carinho grande com os camelôs e a alegria de poder compartilhar com os camelôs esse sonho, declarou o prefeito.

Em seguida, falou que chegaram a planejar em inaugura-lo no Dia das Mães, mas tiveram que prorrogar para o Natal no Calçadão, depois o Dia dos Namorados. Apesar do atraso no cronograma, o gestou destacou que o importante que estão entregando essa obra concluída, “agora só tenho que agradecer a confiança de todos e queria deixar encaminhada para que a obra tivesse andamento”, comentou.

Balanço – O prefeito Marcus Alexandre deixa para a sucessora uma previsão de arrecadação de mais de 55 milhões, sendo que a 2ª Edição do Programa de Recuperação Fiscal do Município Refis Municipal garantiu uma receita complementar de R$ 33 milhões. Além da Parceria Público-Privada (PPP) que permitirá que as atuais lâmpadas de mercúrio, sejam substituídas pelas de LED. A medida visa reduzir o consumo de energia no parque de iluminação dos bairros. Com a PPP, as empresas que fizerem o investimento de substituição das lâmpadas vão receber a longo prazo com as taxas cobradas pelo serviço ofertado a sociedade, conforme estabelece a Lei Municipal n° 2.233/2017.

Curta nossa página no Facebook

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O concurso do Banco da Amazônia S/A (BASA) está com inscrições abertas e visa preencher 551 vagas para cargos de níveis médio e superior.

As funções contempladas neste certame são as de Técnico Bancário e de Técnico Científico (áreas: Medicina do Trabalho e Tecnologia da Informação).

Para se inscrever acesse o site da banca, Cesgranrio, até a próxima segunda dia 19 de março de 2018. As taxas variam de R$ 62,00 a R$ 80,00.

As provas serão realizadas no dia 29 de abril de 2018, portanto se você deseja salários que variam de R$ 3.698,55 a R$ 4.147,47 .

Confira as cidades com vagas do concurso BASA

As vagas serão distribuídas entre 9 estados e diversas cidades, confira abaixo os polos de trabalho:

Acre: Brasiléia, Cruzeiro do Sul, Extrema, Feijó, Plácido de Castro, Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá, Xapuri demais municípios do estado do Acre em que o Banco venha a instalar Unidade.

Amazonas: Boca do Acre, Carauari, Coari, Humaitá, Itacoatiara, Manacapuru, Manaus, Maués, Parintins, Tefé e demais municípios do estado do Amazonas em que o Banco venha a instalar Unidade.

Amapá: Laranjal do Jari, Macapá, Santana e demais municípios dos estados do Amapá em que o Banco venha a instalar Unidade.

Maranhão: Alto Parnaíba, Bacabal, Balsas, Caxias, Carolina, Coroatá, Estreito, Imperatriz, Pinheiro, Santa Inês, São Luís, Vitória do Mearim, e demais municípios do estado do Maranhão em que o Banco venha a instalar Unidade.

Mato Grosso: Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Guiratinga, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra e demais municípios do estado do Mato Grosso em que o Banco venha a instalar Unidade.

Pará: Abaetetuba, Alenquer, Altamira, Ananindeua, Belém, Bragança, Cametá, Canaã dos Carajás, Capanema, Castanhal, Conceição do Araguaia, Dom Eliseu, Eldorado dos Carajás, Igarapé-Miri, Itaituba, Jacundá, Marabá, Monte Alegre, Nova Ipixuna, Novo Progresso, Novo Repartimento, Óbidos, Pacajá, Paragominas, Paraoapebas, Placas, Redenção, Rondon do Pará, Rurópolis, Santarém, Santana do Araguaia, São Félix do Xingú, São Miguel do Guamá, Soure, Tailândia, Tomé Açú, Tucumã, Tucuruí, Uruará, Xinguara e demais municípios do estado do Pará em que o Banco venha a instalar Unidade.

Roraima: Boa Vista, Caracaraí e demais municípios do estado de Roraima em que o Banco venha a instalar Unidade.

Rondônia: Ariquemes, Buritis, Cacoal, Cerejeiras, Guajará-Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Pimenta Bueno, Porto Velho, Rolim de Moura, São Miguel do Guaporé, Vilhena e demais municípios do estado de Rondônia em que o Banco venha a instalar Unidade.

Tocantins: Almas, Araguaçú, Araguaína, Araguatins, Colinas do Tocantins, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Miracema do Tocantins, Miranorte, Natividade, Palmas, Paraíso do Tocantins, Pedro Afonso, Porto Nacional, Tocantinópolis, Xambioá e demais municípios do estado do Tocantins em que o Banco venha a instalar Unidade.

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015