Purus

Purus

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

brPor volta das 08h30 da manhã deste domingo, dia 17, agentes da Polícia Rodoviária Federal pararam um taxi aproximadamente no km 49 da BR 317, sentido Epitaciolândia/Rio Branco com vários passageiros.

Como de praxe, passaram a revista nos pertences dos passageiros até chegarem na bolsa de ombro da jovem Antonia Chaves Minguins (22), natural da cidade de Epitaciolândia, moradora do Bairro José Hassem.

Dentro da bolsa, havia enrolado em uma blusa, um pacote de origem suspeita em fita isolante. Foi perguntado pelos agentes o que poderia ser, a jovem respondeu tentando enganar dizendo que seria uma Bíblia.

Ao realizarem o teste químico, descobriram que “livro sagrado” lacrado, seria nada mais que cocaína pura. A partir daí, foi dado voz de prisão e conduzida até a delegacia da Polícia Federal e entregue ao delegado de plantão.

Foi apurado que o esposo da jovem, mãe de dois filhos menores, está preso cumprindo pena na penitenciária do Estado por tráfico de droga. Antonia assumiu a propriedade da droga e disse que havia comprado na cidade de Cobija, no lado boliviano.

Acredita-se que a acusada estaria levando a droga como “mula” e o receptador estaria esperando na Capital. Cada quilo da droga estima-se que custe aproximadamente sete mil reais, o seria inviável para a jovem devido suas condições financeiras.

Devido a quantidade, Antonia poderá ser condenada por tráfico internacional de droga e pena de aproximadamente 15 anos de reclusão. A jovem informou que os filhos menores serão entregues à avó paterna.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

empregoGoverno do Amazonas vai ofertar pelo menos 24 mil novos postos de trabalho ainda este ano. A maior parte das vagas (quase 14 mil) será disponibilizada por meio de concurso público para a área de educação. Outro destaque na geração de emprego é no ramo da construção civil que, motivada pelas obras voltadas à Copa de 2014, permitirá o surgimento de cerca de 6 mil empregos.

O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) confirmou nove certames para o primeiro semestre , que incluem a realização de concursos públicos e processos seletivos. O secretário estadual de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplan), Marcelo Lima, destaca duas importantes obras que serão canalizadores de expressiva quantidade de mão de obra: o metrô e a arena que substituirá o Vivaldo Lima. “Neste ano, iniciaremos duas das três importantes obras direcionadas à Copa de 2014. Nos próximos três meses, isso representará um significativo incremento na construção civil”, destacou Marcelo. Dados da Seplan dão conta de que as obras do metrô e arena movimentarão, juntas, quase seis mil novas vagas. No caso do metrô, serão cerca de 3 mil novos empregos diretos.

Terminado o projeto, outros 400 novos postos de trabalho serão abertos para darem conta da operacionalização da estrutura de transporte que se inaugura na cidade de Manaus. Com relação à arena ,na área que corresponde ao Vivaldo Lima, 2 mil oportunidades de empregos serão criadas para suprirem a demanda do projeto e, posteriormente, outras 300 para que o local funcione normalmente. Na segurança, a expectativa é de que seja realizado concurso para a inserção de 2 mil novos policiais militares. Recentemente, o Estado realizou concurso para a contratação de 1010 policiais civis e 580 soldados para atuarem na Polícia Militar.

No âmbito da saúde, a Secretaria de Estado (Susam) antecipa que um total de 1.843 vagas serão ofertadas - por meio de processo seletivo simplificado - com a finalidade de atender a demanda de profissionais de nível médio, superior e técnico. O Amazonas também está recrutando profissionais para atuarem no Parque Sumaúma, na capital. As inscrições estão em andamento, coordenadas pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS).

Neste caso, os selecionados receberão bolsas no valor entre R$ 500 a R$ 1.600. Dependendo do nível de escolaridade, terão carga horária variando de 20 a 40 horas semanais. De acordo com o coordenador estadual do Sistema Nacional de Emprego (Sine), Murilo Alves, 14.594 vagas foram ofertadas para construção civil, prestação de serviços, comércio e indústria no Amazonas no ano passado. A expectativa, segundo ele, é de que esta quantidade seja de pelo menos o dobro para 2010.

Novas oportunidades na educação

O sistema educacional também caminha para perspectivas otimistas de geração de emprego e renda neste ano. A secretaria de Estado de Educação informa que 13.440 vagas serão abertas para a contratação de profissionais para diversos cargos em todo o Estado. Parte destas pessoas será direcionada às 13 escolas de tempo integral a serem inauguradas (sendo 12 na capital e uma no município de Parintins). Além do quadro de professoes e pedagogos, o secretário da pasta, Gedeão Amorim, lembra que haverá também a terceirização de serviços diversos, como o de alimentos que garantirão o abastecimento de todas as escolas, de tempo integral, que possuem carga horária diferenciada das demais unidades de ensino. Os professores a serem contratados terão carga horária de 40 horas semanais. “Até março, deveremos inaugurar cinco novas escolas”, pontuou Gedeão Amorim. A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) será responsável pela contratação de 420 novos profissionais para compor o quadro efetivo. O vice-reitor da instituição, Carlos Eduardo de Souza Gonçalves, explicou que a meta é fazer a transição dos educadores temporários para efetivos.

Fonte: Governo do Amazonas

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

PaiAs ações realizadas pelo programa garantiram ao Governo do Amazonas, em dezembro de 2009, o prêmio “Direitos Humanos 2009”Vencer as dificuldades geográficas do nosso estado e levar cidadania e dignidade à população do interior do Amazonas é o trabalho realizado pelo Governo do Amazonas por meio do Pronto Atendimento Itinerante (PAI). Em seis anos o programa, coordenado pelo Conselho de Desenvolvimento Humano (CDH) e gerenciado pela Secretaria de Assistência Social (SEAS), já realizou 1.737.790 atendimentos nas áreas de previdência, saúde e documentação.

As ações realizadas pelo programa garantiram ao Governo do Amazonas, em dezembro de 2009, o prêmio “Direitos Humanos 2009”, na categoria Santa Quitéria do Maranhão. O prêmio instituído pelo Governo Federal, é destinado a pessoas ou instituições que se destacaram no trabalho pela erradicação do sub-registro.

“O Pronto Atendimento Itinerante representa o comprometimento social assumido pelo nosso governador Eduardo Braga com os nossos cidadãos. Desde que foi implantado em julho de 2003, o PAI se tornou um braço móvel do governo e leva inclusão social, cidadania e dignidade à população ribeirinha e às comunidades indígenas dos rios da Amazônia”, define  Sandra Braga, presidente do CDH, responsável pela política social do governo.

Dos mais de 1,7 milhão atendimentos realizados desde a implantação do projeto, 304.350 atendimentos foram realizados na área de documentação, que inclui emissão de 1º e 2º via de certidão de nascimento, CPF e carteira de identidade. “Especialmente em 2009, reforçamos nossas ações para a redução do índice de sub-registro na nossa região. E todo o esforço da nossa equipe foi reconhecido durante a entrega do prêmio ‘Direitos Humanos 2009’”, comenta Sandra Braga.

Além dos atendimentos na área de documentação, o programa realizou 366.242 atendimentos na área de saúde, que inclui atendimento em várias áreas da medicina entre elas: clínica geral, odontologia, oftalmologia, pediatria e ginecologia. Também foram contabilizados 54.576 atendimentos na área de previdência social, 20.785 atendimentos na área de assistência social e mais de 900 mil atendimentos em outros serviços como fotografia, plastificação de documentos, reprografia, cinema e entrega de óculos.

Fonte: Governo do Amazonas

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015