Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Pauini

Pauini

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
O burllying e o preconceito são os principais obstáculos a serem superados por aqueles que são portadores de alguma deficiência física
encontro com deficientes físico de pauini
Foto: CRAS

Pauini - O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) realizou mais um encontro com portadores de necessidades especiais. O encontro acontece todos os meses e tem por objetivo o acompanhamento da inclusão social dos participantes do SCFV de PCD (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Pessoa com Deficiência). Segundo dados da Secretaria de Assistência Social, trinta e nove pessoas participam ativamente do projeto.

O projeto vem sendo trabalhado em Pauini desde 2011. Onde a Secretaria de Assistência Social, por meio do CRAS, realiza encontros mensalmente com o grupo para acompanhar a inclusão dos mesmos junto à sociedade, principalmente nas escolas.

De acordo com o Secretário de Assistência Social, Olívio Venâncio, o burllying e o preconceito são os principais obstáculos a serem superados por aqueles que são portadores de alguma deficiência física. “Fazemos esses encontros frequentemente para acompanharmos a vida deles em seu dia a dia, principalmente dentro das escolas”.

Olívio ainda agradeceu o apoio dos conselheiros tutelares. De acordo com ele, sem o apoio dos mesmos seria quase impossível à execução do projeto e o acompanhamento.

Na oportunidade do encontro, um profissional psicólogo ministrou palestra falando do burllying.

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
'Jeovar' enforcava e tampava a boca de uma criança
jeovar ramos rafael

Pauini – Um homem de 23 anos foi preso na noite de terça-feira (09), após fugir da polícia e embrenhar-se numa residência, fazendo refém uma família. O suspeito ainda ameaçava as pessoas com um terçado. Antes de invadir a casa, o suspeito ameaçava as pessoas na rua com um terçado.

A polícia recebeu uma denúncia de que o infrator, Jeovar Ramos Rafael, estava ameaçando com um terçado pessoas que passavam pela rua do Contorno, bairro Cidade Alta, próximo a Feira Municipal.

Quando a polícia chegou ao local informado, 'Jeovar' e outros envolvidos na arruaça evadiram-se. Então, os policiais o perseguiram até que o mesmo se viu encurralado e entrou na casa de uma família.

Os policiais cercaram a residência. Em um momento, o soldado Idalgo festou pela parede da casa e observou que 'Jeovar' enforcava e tampava a boca de uma criança.

Após várias tentativas de rendição ou liberação dos reféns e sem suceso, a polícia resolveu adentrar a residência. Quando a polícia estava dentro da casa, Jeovar pulou pela janela e foi preso pelos policiais que estavam escondidos atrás da casa.

Jeovar foi levado ao 63º DIP para procedimentos legais.

Participaram da operação: Carlos Malheiros (CAPM QOPM), Edilson Sena (3º SGT QPPM), Rubens de Souza (CB QPPM,), Idalgo (SD QPPM), Góis (SD QPPM) e Manoel Lima (SD QPPM).

Siga-nos no Twitter e no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015