Colunas

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
GILMAR PERON
FOTO: GILMAR PERON

A criatividade é um dom conferido por Deus à sua criatura (homens), neste termo me refiro aos gêneros masculino e feminino. Segundo alguns estudiosos e observadores da natureza, nós somos có-criadores. Estamos a todo momento criando, não só coisas, mas também nosso destino, por assim dizer o futuro, seja individual ou coletivo. Assim, o dom de criar confere ao homem responsabilidade com o próximo, a natureza e o meio em que vive. Seria tudo a favor de um mundo melhor, mais próspero e digno. Então podemos ver a criatividade como fator primário para a evolução social e cultural de uma sociedade.

Gosto da frase inspiradora de Barack Obama quando disse: “A mudança não virá se esperarmos por outra pessoa ou outros tempos. Nós somos aqueles por quem estávamos esperando. Nós somos a mudança que procuramos”.

A criatividade é uma faculdade única e exclusiva do homem pois está relacionada a capacidade de sonhar. O cérebro humano possui dois hemisférios, o esquerdo (objetivo, analítico e lógico) e o direito (relacionados aos sonhos, idéias e criatividade). De acordo com pesquisas, a maioria dos homens usam apenas o lado esquerdo do cérebro, ou seja, o analítico. Deixando de usar o direito que é fonte de toda criatividade. E como não usam esta faculdade sonhadora, cedo ou tarde o pesadelo atormenta.

Como o ser humano não usa esta energia criativa e positiva, o preço a pagar inicialmente será tensão, nervosismo e um estado de ansiedade, alguns desenvolvem até a agressividade. A partir deste quadro, lamentavelmente e por pura ignorância a maioria prefere fugir e esgotar suas energias em bares, boates, televisão ou se empanturrando de tanto comer, etc. Os resultados de tudo isso não preciso falar, vocês podem imaginar pelo uso de vossa imaginação. Não quero dizer que seja contra usufruir de certos prazeres que a vida nos confere, mas em tudo deve haver equilíbrio.

Voltando a necessidade de criar. Este desequilíbrio pode explicar os altos índices de viciados e violência seja doméstica ou em grupos de pessoas. Vivemos numa sociedade materialista que usa toda força mental e potencial criativo para aquisição de bens materiais, esquecendo-se totalmente da necessidade de criar o novo, o inesperado, aquilo que te leva a um estado de êxtase profundo. Até aqui, a capacidade de sonhar há muito se perdeu, alguns nem sabem que sonham durante a noite, na verdade todos sonhamos, o que acontece é que com a vida atribulada do dia a dia você perdeu a capacidade de lembrar dos sonhos, nem sabe mais que sonha, pobre infeliz, quanto mais criar.

Deus quando criou o mundo, em sua infinita sabedoria, usou de sua capacidade criativa oriunda da dimensão dos sonhos, dando forma a todo tipo de vida que existe no universo. Alguns Iogues pregam que tudo o que vivenciamos é uma abstração, um mundo de sonhos, sonho divino ou sonho de Deus. Então, podemos afirmar que a criatividade nasce do mundo das idéias, consequentemente dos sonhos, por assim dizer do lado direito do cérebro.

Basta abrir a janela do nosso coração e observar sua criação, o quanto é bela e harmoniosa. Se observarmos mais atentamente veremos todo o colorido das folhas, do sol, da lua e das estrelas, a canção dos ventos e dos pássaros também está presente em nossas vidas. Que  lamentavelmente o homem com sua falta de criatividade o destrói em nome do progresso e do desenvolvimento. Como se fosse levar algo daqui para onde vai.

O verdadeiro progresso será quando o homem for capaz de criar de forma criativa usando de todas suas faculdades mentais que advém do espírito (o uso equilibrado dos dois hemisférios).

Agora peço-vos que faça uma introspecção e pergunte-se por que tanto atraso na sociedade em que vivemos? Deixo a resposta por sua imaginação.

Um abraço a todos e fiquem em paz.

Curta nossa página no Facebook

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O apresentador Luciano Huck vai anunciar se aceita concorrer à Presidência depois do Carnaval. Hoje, ele tende a se candidatar pelo PPS, partido que lhe ofereceu legenda, mas já há aliados articulando o apoio de siglas como o DEM.

Segundo a reportagem apurou, o catalisador final para o processo decisório de Huck, que vem sendo assediado a se lançar candidato apesar de já ter negado a possibilidade publicamente, foi um ultimato dado pelo seu empregador, a Rede Globo.

Nesta quarta (7), a emissora disse que o apresentador do “Caldeirão” deveria tomar sua decisão, por temer que haja a associação natural entre o eventual presidenciável e seu nome. A entrevista que Huck deu ao “Domingão do Faustão” em janeiro já rendeu a ele e à rede de TV explicação formal ao Tribunal Superior Eleitoral para negar que estivesse ocorrendo propaganda antecipada.

Huck ainda não disse a aliados o que vai fazer, apenas que irá passar o Carnaval pensando no assunto. Nesta quinta (8), ele deverá se consultar com o mentor de sua candidatura, Fernando Henrique Cardoso.Ex-presidente e decano do PSDB, FHC tem irritado correligionários ao estimular o apresentador e empresário. O governador Geraldo Alckmin (SP), presidenciável da sigla, reagiu à conversa tergiversando: disse que o tucano e o global, a quem elogiou, são amigos pessoais.

A pressão sobre Huck vem do fato de que ele poderia encarnar o “novo” numa eleição que ficou aberta com provável ausência de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que pode ser barrado pela Lei da Ficha Limpa por ser condenado em segunda instância por corrupção.

O desempenho fraco de Alckmin, pré-candidato declarado, nas pesquisas, é outro motor do movimento: Huck e o tucano empatam em 8% no mais recente Datafolha em cenário sem Lula.

O PPS, que ofereceu a legenda a Huck  e ao movimento de renovação política Agora!, do qual faz parte, é o porto natural do global, caso busque se filiar -o prazo para poder concorrer é abril. FHC já deu declarações considerando a estrutura do partido insuficiente, e já há conversas entre seus aliados e estrategistas sobre a eventualidade de o DEM entrar na composição.

Nesta semana, o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (MDB), visitou FHC acompanhado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ). Liderança do DEM, Maia vem circulando como eventual presidenciável, mas até aqui é mais provável que ele busque cacifar a legenda para ocupar uma vaga de vice-presidente -seja na chapa de Alckmin, seja uma eventual de Huck.

Mesmo Hartung é lembrado, aqui e ali, como um nome a dar peso institucional ao neófito Huck. Só que ele é do MDB, partido do impopular presidente Michel Temer e um dos alvos prioritários de denúncias no âmbito da Operação Lava Jato.

Procurados, nem Huck, nem FHC responderam a questionamentos da reportagem. Com informações da Folhapress.

Curta nossa página no Facebook

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

No dia 07 de fevereiro de 1958, há exatos 60 anos, o maior comunicador da história da TV brasileira, Silvio Santos (87), estreava como apresentador na TV Paulista, no comando do programa “Hit Parade”, que exibia quais eram as 10 músicas mais vendidas durante a semana. Desde então, Silvio também apresentou no canal 5 as atrações “Quando os Maestros se Encontram”, “Bolada Fik-Forte” e “O Grande Espetáculo” (ao lado da atriz Cacilda Lanuza).

A experiência fez com que dois anos depois, em 1960, Silvio Santos alugasse no mesmo canal o horário nobre das sextas-feiras, a partir de 3 de junho, para a estreia do programa “Vamos Brincar de Forca”, com sua apresentação. A atração era uma grande gincana baseada no tradicional “Jogo da Forca”, e contava com a participação dos clientes do “Baú da Felicidade”, que também está sob administração do comunicador há 60 anos, desde 1958.  No ano seguinte, em 1961, a atração foi substituída pelo programa de perguntas e respostas “Ganhando e Apostando”, passando da noite de sexta para a de quinta-feira, que em 1962 daria lugar à primeira versão do “Pra Ganhar é Só Rodar”, atração que inovou com o pião que entregava prêmios.

Cinco anos depois de estrear como apresentador, Silvio Santos finalmente chega ao dia mais disputado da TV brasileira: o domingo. No dia 2 de junho de 1963, há quase 55 anos, estreava na TV Paulista (canal 5) o “Programa Silvio Santos”, na época dirigido por Luciano Callegari. A atração era formada por três subprogramas, são eles: “Cuidado com a Buzina” (primeira atração de calouros comandada por Silvio), “Roda Pião” (o famoso pião da fortuna que distribuía prêmios aos clientes do Baú) e “Justiça dos Homens” (dramatização de casos reais enviado por carta dos telespectadores).

A atração também foi levada ao ar pela Rede Globo desde 1966, quando esta adquiriu a TV Paulista, até 25 de julho de 1976, período em que Silvio Santos pagava pelo horário àquela emissora. O maior comunicador da televisão brasileira inaugurou a sua própria emissora, a TVS, canal 11 do Rio de Janeiro, em 1976, onde o “Programa Silvio Santos” passou a ser exibido. A atração com duração de 8 horas de exibição  aos domingos era gravada em São Paulo, e teve como locação o “Teatro Manoel de Nóbrega” até chegar ao “Teatro Silvio Santos” tempos mais tarde, na zona norte da cidade. Em 19 de agosto de 1981, o patrão assinou em Brasília a concessão dos canais para a estreia nacional do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), emissora que hoje tem 36 anos de existência e é vice-líder de audiência no Brasil (posto conquistado já no final do ano de inauguração).

Apesar de outras atrações comandadas ao longo da carreira de Silvio Santos, é importante registrar o importante marco do “Programa Silvio Santos”, que permanece irreverente, atemporal e midiático até hoje como uma das maiores audiências da TV brasileira levada ao ar nas noites de domingo, a partir das 20h, no SBT.

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015