Esporte

Esporte

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Os nomes foram anunciados nesta sexta-feira e o vencedor será conhecido numa festa de gala em outubro, em Londres. Neymar havia sido um dos finalistas de 2015

Jogador mais caro da história, Neymar conseguiu entrar na lista dos finalistas ao prêmio de melhor jogador do mundo, que será eleito pela Fifa na próxima edição da premiação. O brasileiro que deixou o Barcelona para ser o protagonista principal do Paris Saint-Germain foi oficialmente confirmado como um dos três concorrentes à honraria ao lado de Lionel Messi, seu ex-companheiro de Barça, e Cristiano Ronaldo, astro maior do Real Madrid.

Os nomes foram anunciados nesta sexta-feira e o vencedor será conhecido numa festa de gala em outubro, em Londres. Neymar havia sido um dos finalistas de 2015, mas ficou fora do grupo de candidatos finais da premiação em 2016.

Desde a edição do ano passado, a Fifa fez mudanças importantes na escolha dos vencedores. O acordo com a France Football terminou, o que significou que o termo "Bola de Ouro" como nome da premiação, tornado conhecido por meio da revista francesa, deixou de ser usado. A entidade, conforme o Estado revelou com exclusividade em outubro, ainda abriu a votação para os torcedores, via internet.

Mas o que não mudou foi a dupla de finalistas. Na última década, o troféu de melhor do mundo tem sido dominado por Messi e Cristiano Ronaldo. O argentino ganhou todas as edições da premiação entre 2009 e 2012, além de 2015. Já o português ficou com a honraria em 2008, 2013, 2014 e 2016.

Para 2017, Cristiano Ronaldo é o favorito depois da conquista da Liga dos Campeões e de outros feitos com a camisa do Real Madrid Agora, pode se igualar a Messi em troféus individuais desta premiação e passar a também ostentar os mesmos cinco possuídos pelo argentino.

A novidade principal do anúncio da Fifa, porém, foi a presença de Neymar entre os três principais candidatos ao prêmio. Em 2015, ele havia conseguido atingir o pódio, acabando com um jejum de oito anos sem brasileiros entre os finalistas.

E desta vez o brasileiro também espera contar não apenas com o voto dos demais jogadores, imprensa e treinadores, mas principalmente da torcida. Pelas novas regras da Fifa, o voto da torcida pela internet vai ter um peso de 25% na decisão final. A esperança do staff do jogador é de que a torcida brasileira e do PSG possam fazer a diferença. Neymar ainda pode entrar na lista dos 11 melhores do ano, o que a Fifa considera como a "seleção de 2017".

Tite

Se por um lado terá Neymar, a festa de premiação deste ano não contará com a participação de Tite, que estava entre os indicados ao prêmio de melhor técnico do mundo. A grande final ficará entre Zinedine Zidane (campeão espanhol e da Liga dos Campeões), Massimiliano Allegri (campeão italiano e vice da Liga dos Campeões) e Antonio Conte (vencedor do Campeonato Inglês pelo Chelsea).

A Fifa ainda escolherá o gol mais bonito do ano. Mas, entre os dez candidatos, não há brasileiros entre os finalistas desta vez Numa nova categoria, a entidade que controla o futebol mundial escolheu também uma lista de finalistas entre os goleiros. O prêmio ficará entre Gianluigi Buffon, Keylor Navas e Manuel Neuer.

Curta nossa página no Facebook

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Os sobreviventes Jakson Follmann, goleiro que teve a perna direita amputada após o acidente, e o lateral Alan Ruschel, que já voltou a jogar pelo clube, encontraram o papa na Praça São Pedro e o presentearam com uma bola

Jogadores da Chapecoense foram recebidos pelo papa Francisco no Vaticano na manhã desta quarta-feira (30), em uma visita que contou com a participação de sobreviventes e familiares das vítimas do acidente de avião que deixou 71 mortos enquanto levava a equipe para a Colômbia, em novembro de 2016.

Os sobreviventes Jakson Follmann, goleiro que teve a perna direita amputada após o acidente, e o lateral Alan Ruschel, que já voltou a jogar pelo clube, encontraram o papa na Praça São Pedro e o presentearam com uma bola.

“Temos um carinho muito grande por todo mundo. Todos que oraram e que torceram pela gente. O mínimo que podíamos fazer é aproveitar esta oportunidade de vir até aqui e dizer um muito obrigado”, disse Follmann, que agora é embaixador do time, em comunicado no site do Chapecoense.

Em novembro do ano passado, um avião que levava a equipe da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional caiu nas montanhas perto de Medellín, na Colômbia, matando 71 pessoas. Seis sobreviveram, entre eles Ruschel, Follmann e o zagueiro Neto.

O time está na Itália para um amistoso contra a equipe da Roma, que acontecerá na próxima sexta-feira, no Estádio Olímpico.

Curta nossa página no Facebook

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Dessa relação de 24 nomes, definida por uma comissão da Fifa, vão sair os três finalistas da premiação. Eles serão determinados através dos votos


A Fifa anunciou nesta quinta-feira a lista de 24 candidatos ao prêmio de melhor jogador do mundo e apontou dois brasileiros entre os indicados: o lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, e o atacante Neymar, que recentemente trocou o Barcelona pelo Paris Saint-Germain.

Marcelo foi um dos destaques do Real Madrid que dominou o futebol europeu na última temporada, tendo vencido o Campeonato Espanhol e a Liga dos Campeões. Já Neymar também era um dos principais jogadores do Barcelona, até ser vendido ao Paris Saint-Germain nas últimas semanas, na maior transação da história do futebol. Além disso, ambos são titulares absolutos da seleção brasileira comandada por Tite e já classificada à Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Dessa relação de 24 nomes, definida por uma comissão da Fifa, vão sair os três finalistas da premiação. Eles serão determinados através dos votos de treinadores de seleções nacionais, seus capitães, jornalistas e torcedores. A votação se encerrará em 7 de setembro.

Esta será a segunda edição da premiação desde que a Fifa decidiu romper o acordo com a revista France Football, passando a denominá-lo como "The Best", sendo que Cristiano Ronaldo venceu a votação de 2016 e está novamente entre os indicados, sendo o favorito a ganhá-la, principalmente após liderar o Real Madrid aos títulos da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol na última temporada.

A premiação da Fifa foi reformulada e agora premia o melhor jogador da temporada. Por isso, a entidade pede para os eleitores levarem em consideração o desempenho dos atletas entre o período de 20 de novembro de 2016 e 6 de agosto. Os três candidatos a melhor jogador do mundo, assim como os dos outros prêmios distribuídos pela Fifa, serão anunciados no próximo mês. A cerimônia de entrega está agendada para 23 de outubro, em Londres.

Confira a lista de indicados: Pierre-Emerick Aubameyang (Gabão/Borussia Dortmund), Leonardo Bonucci (Itália/Juventus e Milan), Gianluigi Buffon (Itália/Juventus), Dani Carvajal (Espanha/Real Madrid), Cristiano Ronaldo (Portugal/Real Madrid), Paulo Dybala (Argentina/Juventus), Antoine Griezmann (França/Atlético Madrid), Eden Hazard (Bélgica/Chelsea), Zlatan Ibrahimovic (Suécia/Manchester United), Andres Iniesta (Espanha/Barcelona), Harry Kane (Inglaterra/Tottenham), Ngolo Kante (França/Chelsea), Toni Kroos (Alemanha/Real Madrid), Robert Lewandowski (Polônia/Bayern de Munique), Marcelo (Brasil/Real Madrid), Lionel Messi (Argentina/Barcelona), Luka Modric (Croácia/Real Madrid), Keylor Navas (Costa Rica/Real Madrid), Manuel Neuer (Alemanha/Bayern de Munique), Neymar (Brasil/ Barcelona/Paris Saint-Germain), Sergio Ramos (Espanha/Real Madrid), Alexis Sanchez (Chile/Arsenal), Luis Suárez (Uruguai/Barcelona) e Arturo Vidal (Chile/Bayern de Munique)

Sem brasileiras

A Fifa também apontou as indicadas ao prêmio de melhor jogadora do mundo. E o Brasil não tem nenhuma concorrente em uma premiação que foi dominada por vários anos pela craque Marta. Dessa vez, porém, nem ela foi lembrada, o que deixou o futebol brasileiro fora dessa relação pela primeira vez desde 2015.

As candidatas são: Lucy Bronze (Inglaterra/Manchester City), Deyna Castellanos (Venezuela/Santa Clarita Blue Heat), Pernille Harder (Dinamarca/Linkopings e Wolfsburg), Sam Kerr (Austrália/Perth Glory e Sky Blue FC), Carli Lloyd (Estados Unidos/Houston Dash e Manchester City), Dzsenifer Marozsan (Alemanha/Lyon), Lieke Martens (Holanda/Barcelona), Vivianne Miedema (Holanda/Arsenal), Wendie Renard (França/Lyon) e Jodie Taylor (Inglaterra/Arsenal).

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015