Esporte

Esporte

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Os sobreviventes Jakson Follmann, goleiro que teve a perna direita amputada após o acidente, e o lateral Alan Ruschel, que já voltou a jogar pelo clube, encontraram o papa na Praça São Pedro e o presentearam com uma bola

Jogadores da Chapecoense foram recebidos pelo papa Francisco no Vaticano na manhã desta quarta-feira (30), em uma visita que contou com a participação de sobreviventes e familiares das vítimas do acidente de avião que deixou 71 mortos enquanto levava a equipe para a Colômbia, em novembro de 2016.

Os sobreviventes Jakson Follmann, goleiro que teve a perna direita amputada após o acidente, e o lateral Alan Ruschel, que já voltou a jogar pelo clube, encontraram o papa na Praça São Pedro e o presentearam com uma bola.

“Temos um carinho muito grande por todo mundo. Todos que oraram e que torceram pela gente. O mínimo que podíamos fazer é aproveitar esta oportunidade de vir até aqui e dizer um muito obrigado”, disse Follmann, que agora é embaixador do time, em comunicado no site do Chapecoense.

Em novembro do ano passado, um avião que levava a equipe da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional caiu nas montanhas perto de Medellín, na Colômbia, matando 71 pessoas. Seis sobreviveram, entre eles Ruschel, Follmann e o zagueiro Neto.

O time está na Itália para um amistoso contra a equipe da Roma, que acontecerá na próxima sexta-feira, no Estádio Olímpico.

Curta nossa página no Facebook

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Dessa relação de 24 nomes, definida por uma comissão da Fifa, vão sair os três finalistas da premiação. Eles serão determinados através dos votos


A Fifa anunciou nesta quinta-feira a lista de 24 candidatos ao prêmio de melhor jogador do mundo e apontou dois brasileiros entre os indicados: o lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, e o atacante Neymar, que recentemente trocou o Barcelona pelo Paris Saint-Germain.

Marcelo foi um dos destaques do Real Madrid que dominou o futebol europeu na última temporada, tendo vencido o Campeonato Espanhol e a Liga dos Campeões. Já Neymar também era um dos principais jogadores do Barcelona, até ser vendido ao Paris Saint-Germain nas últimas semanas, na maior transação da história do futebol. Além disso, ambos são titulares absolutos da seleção brasileira comandada por Tite e já classificada à Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Dessa relação de 24 nomes, definida por uma comissão da Fifa, vão sair os três finalistas da premiação. Eles serão determinados através dos votos de treinadores de seleções nacionais, seus capitães, jornalistas e torcedores. A votação se encerrará em 7 de setembro.

Esta será a segunda edição da premiação desde que a Fifa decidiu romper o acordo com a revista France Football, passando a denominá-lo como "The Best", sendo que Cristiano Ronaldo venceu a votação de 2016 e está novamente entre os indicados, sendo o favorito a ganhá-la, principalmente após liderar o Real Madrid aos títulos da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol na última temporada.

A premiação da Fifa foi reformulada e agora premia o melhor jogador da temporada. Por isso, a entidade pede para os eleitores levarem em consideração o desempenho dos atletas entre o período de 20 de novembro de 2016 e 6 de agosto. Os três candidatos a melhor jogador do mundo, assim como os dos outros prêmios distribuídos pela Fifa, serão anunciados no próximo mês. A cerimônia de entrega está agendada para 23 de outubro, em Londres.

Confira a lista de indicados: Pierre-Emerick Aubameyang (Gabão/Borussia Dortmund), Leonardo Bonucci (Itália/Juventus e Milan), Gianluigi Buffon (Itália/Juventus), Dani Carvajal (Espanha/Real Madrid), Cristiano Ronaldo (Portugal/Real Madrid), Paulo Dybala (Argentina/Juventus), Antoine Griezmann (França/Atlético Madrid), Eden Hazard (Bélgica/Chelsea), Zlatan Ibrahimovic (Suécia/Manchester United), Andres Iniesta (Espanha/Barcelona), Harry Kane (Inglaterra/Tottenham), Ngolo Kante (França/Chelsea), Toni Kroos (Alemanha/Real Madrid), Robert Lewandowski (Polônia/Bayern de Munique), Marcelo (Brasil/Real Madrid), Lionel Messi (Argentina/Barcelona), Luka Modric (Croácia/Real Madrid), Keylor Navas (Costa Rica/Real Madrid), Manuel Neuer (Alemanha/Bayern de Munique), Neymar (Brasil/ Barcelona/Paris Saint-Germain), Sergio Ramos (Espanha/Real Madrid), Alexis Sanchez (Chile/Arsenal), Luis Suárez (Uruguai/Barcelona) e Arturo Vidal (Chile/Bayern de Munique)

Sem brasileiras

A Fifa também apontou as indicadas ao prêmio de melhor jogadora do mundo. E o Brasil não tem nenhuma concorrente em uma premiação que foi dominada por vários anos pela craque Marta. Dessa vez, porém, nem ela foi lembrada, o que deixou o futebol brasileiro fora dessa relação pela primeira vez desde 2015.

As candidatas são: Lucy Bronze (Inglaterra/Manchester City), Deyna Castellanos (Venezuela/Santa Clarita Blue Heat), Pernille Harder (Dinamarca/Linkopings e Wolfsburg), Sam Kerr (Austrália/Perth Glory e Sky Blue FC), Carli Lloyd (Estados Unidos/Houston Dash e Manchester City), Dzsenifer Marozsan (Alemanha/Lyon), Lieke Martens (Holanda/Barcelona), Vivianne Miedema (Holanda/Arsenal), Wendie Renard (França/Lyon) e Jodie Taylor (Inglaterra/Arsenal).

Curta nossa página no Facebook

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O anúncio foi feito na sede das Nações Unidas em Genebra, com a participação do diretor-geral da ONU, Michael Moller, e do diretor da Handicap, Manuel Patrouillard

O jogador de futebol do Paris Saint Germain, Neymar Jr., foi anunciado nesta terça-feira (15) como embaixador da Boa Vontade da organização não-governamental Handicap International. O anúncio foi feito na sede das Nações Unidas em Genebra, com a participação do diretor-geral da ONU, Michael Moller, e do diretor da Handicap, Manuel Patrouillard. A informação é da ONU News.

A Handicap International é uma ONG global que trabalha em prol de pessoas com deficiência e populações vulneráveis em situações de pobreza e exclusão e vítimas de conflito e desastres em vários países do mundo.

No evento, Neymar disse ser "uma felicidade muito grande" participar da iniciativa. "Claro que a forma prática [ainda] vai ser conversada, mas eu estou não só disposto a dar minha imagem, que eu sei do que é capaz, e ajudar. A forma prática a gente vai começar a colocar, [pois] o que for preciso pra fazer pra ajudar é sempre bem-vindo."

“Não tem preço”

O craque do PSG falou ainda sobre uma instituição que mantêm no Brasil, o Instituto Neymar Jr. (INJR),  um complexo educacional e esportivo localizado no Jardim Glória, na cidade de Praia Grande (SP), onde Neymar e sua família moraram por muitos anos. O INJR atende crianças com idades de sete a 14 anos e tem como missão contribuir para o desenvolvimento socioeducativo da comunidade local, utilizando práticas educacionais, esportivas, culturais e de saúde.

"[O instituto] funciona num bairro onde eu vivi por muito tempo e hoje atende mais de 2,5 mil crianças. São quase 10 mil pessoas no total que a gente alcança, juntando a família. É uma das coisas mais importantes na minha vida. Eu sempre falo que o maior gol que eu já fiz na vida foi criar o instituto. É uma felicidade muito grande para a minha família. Sempre que vou ao Brasil e ao instituto, o que me contagia, o que me deixa feliz é chegar ali e olhar pra cara da criança e ver o sorriso que ela te passa. Eu acho que isso não tem preço."

Nova missão

Agora, além do INJR, Neymar assume uma nova missão como embaixador da Boa Vontade da Handicap International Federation, que tem sede em Lyon, França, e possui oito associações nacionais nos EUA, Bélgica, Canadá, França, Alemanha, Luxemburgo, Suíça e Reino Unido, que levantam fundos para apoiar programas em 57 países.

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015